Narrativas no rio Tietê: encontros, percursos e as histórias que contamos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-08-23

Orientador

Camargo, Maria Rosa Rodrigues Martins de

Coorientador

Pós-graduação

Educação - IBRC

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O objetivo de “Narrativas no Rio Tietê: encontros, percursos e as estórias que contamos” é trazer à discussão a prática andante como método científico para a pesquisa em Educação. Trata-se de uma metodologia experimental, em fase germinativa, que pressupõe a imprevisibilidade dos atos educativos, a liberdade de escrita e a multiplicidade de leituras. Elegeu-se como tema norteador a relação do homem com o rio, como possibilidade de se pensar a condição humana. Tendo como pergunta devaneio “por qual rio, a vida passa?”, o pesquisador faz uma escolha subjetiva por Igaraçu do Tietê – SP, justificada pelo histórico de sua relação com o rio em questão. A proposta de experimentação que seria base para o levantamento dos dados empíricos, desenvolveuse por meio de oficinas de jogos teatrais, conduzidas pelo pesquisador e duas colaboradoras, tendo como participantes convidados professores e estudantes vinculados à Educação de Jovens e Adultos do município. Servindo-se do material produzido coletivamente, em consonância com o referencial bibliográfico, o pesquisador compôs o texto da dissertação reunindo relatos, argumentos, ideias e reflexões – suas, de autores consultados e dos participantes – manifestando uma visão de Vida, de Educação, de Ciência, de Experiência... que flui como um rio. É uma pesquisa que não recorre a explicações e nem as propõe. Que não distingue certo ou errado. Que conta com o imprevisível. Que depende da colaboração de quem participa, desconhecendo de antemão quem participa. Uma pesquisa que não lida com hipóteses, mas busca experiências. Que se produz ao longo da trajetória e não se fixa em resultados. Reflexões da relação do homem com o rio, tal qual um processo em curso, como uma educação que se quer humanizadora, vão sendo produzidas conforme as águas fluem...

Resumo (inglês)

The objective of the “Narrativas no Rio Tietê: encontros percursos e as estórias que contamos” is to bring to discussion the walking practice as a scientific method for the research in Education. It is an experimental methodology, in germinal stage, that presupposes the unpredictability of the educational actions, the freedom of the writing and the multiplicity of readings. The relationship of the man with the river was elected as its central theme, as a possibility to think about the human condition. By having “by which river life passes through?” as its main question, the researcher makes a subjective choice by Igaraçu do Tietê – Sao Paulo state, justified by his long-dated relationship with the referred river. The proposed experimentation that would be the basis for the analysis of empirical data, developed through workshops in theater games, conducted by the researcher and two collaborators, whose participants are invited teachers and students linked to the Education of Youth and Adults of the municipality. Making use of the material produced collectively, in line with the theoretical foundations, the researcher wrote the text of the dissertation by gathering up reports, arguments, ideas and impressions – of his own, of the consulted authors and of the participants – expressing a vision of Life, of Education, of Science, of Experience… that flows like a river. It is a research that does not resort to explanations, neither proposes them. It does not distinguish right and wrong. It has the unpredictable. It depends on the collaboration of the ones who take part of it, not knowing from the start who the participants are. It is a research that does not deal with hypotheses, but searches for experiences. It occurs along the trajectory and it does not... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

JOAQUIM, Felipe Ferreira. Narrativas no rio Tietê: encontros, percursos e as histórias que contamos. 2013. 112 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2013.

Financiadores