Fitossociologia e distribuição de espécies arbóreas em uma floresta ribeirinha secundária no município de Rio Claro, SP, Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-06-01

Autores

Prata, Eduardo Magalhães Borges [UNESP]
Pinto, Sérgio dos Anjos Ferreira [UNESP]
Assis, Marco Antonio [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Botânica de São Paulo

Resumo

(Fitossociologia e distribuição de espécies arbóreas em uma floresta ribeirinha secundária no Município de Rio Claro, SP, Brasil). Foram realizados os levantamentos florístico e fitossociológico em 0,44 hectare de floresta ribeirinha secundária em uma área de micro-bacia do Ribeirão Claro (Rio Claro, SP), visando investigar a estrutura e distribuição das espécies em uma comunidade com elevada heterogeneidade observada para a cobertura de dossel e regime hídrico dos solos. Foram amostrados todos os indivíduos arbóreos com perímetro a altura do peito (PAP) ³ 10 cm em 44 parcelas de 10 × 10 m. O regime hídrico foi avaliado por um ano e a cobertura de dossel foi quantificada com densiômetro esférico. Foram gerados os descritores fitossociológicos para toda a área amostral e para cada grupo resultante das análises de ordenação (DCA) e de agrupamento (Cluster). Verificou-se baixa riqueza florística (22 espécies) e elevados valores de importância concentrados em poucas espécies. A área apresentou, em escala local, três micro-ambientes distintos em relação à composição e estrutura da comunidade arbórea. A distribuição das espécies mais abundantes esteve associada à variação espacial da luminosidade no interior da mata, decorrente de aberturas no dossel (clareiras), e ao regime hídrico dos solos, caracterizado por diferentes condições de drenagem e alagamento nas parcelas ao longo do ano.
(Phytosociology and tree species distribution in a secondary riverine forest in the municipality of Rio Claro, SP, Brazil). The floristic and phytosociological structure of a secondary riverine forest situated on a micro-basin area of the Ribeirão Claro river (Rio Claro, SP), was characterized in order to investigate the structure and species distribution in a community with high canopy cover and soil water regime heterogeneity. All tree individuals with perimeter at breast high (PAP) ³ 10 cm were sampled in 44 plots of 10 × 10 m. The water regime was evaluated for a year and the canopy cover was measured with spherical densiometer. Phytosociological descriptors were calculated for the entire sample area and for each group resulted from the ordination and clustering analysis (DCA and Cluster). Low floristic richness (22 species) were found and high importance values were concentrated in a few species. In a local scale, the area presented three distinct micro-environments in relation to the composition and structure of the tree community. The most abundant species distribution was associated to spatial light variation within the forest, due to canopy openness (gaps), and soil water regimes, characterized by different drainage and flooding conditions in the plots during the year.

Descrição

Palavras-chave

cobertura de dossel, diversidade arbórea, floresta ripária, mata de brejo, padrões de drenagem, canopy openness, drainage patterns, riparian forest, swamp forest, tree diversity

Como citar

Brazilian Journal of Botany. Sociedade Botânica de São Paulo, v. 34, n. 2, p. 159-168, 2011.