Análise estratigráfica dos depósitos de loess da seção de Karamaidan, Quaternário do Tajiquistão

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-11-30

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A região da Ásia Central, área desértica que se estende do Mar Cáspio até as fronteiras da China ocidental, além de desempenhar papel importante na dinâmica climática global do presente, abriga um extenso registro da dinâmica climática global do passado em depósitos de paleossolos e de poeira eólica, formando os loess. O evento de colisão continental entre a Ásia e Índia é considerado o principal responsável pela topografia atual, especialmente o Platô do Tibete e as cordilheiras Pamir e Tian Shan, proporcionando o ambiente propício para transporte e deposição de sequências de loess e formação de paleossolos nos sopés das montanhas. O principal objetivo deste estudo é investigar a variação granulométrica e mineralógica dos sedimentos das sequências de loess-paleossolo da seção Karamaidan, Tajiquistão, a fim de melhor compreender as oscilações climáticas do Quaternário na região, uma vez que a granulação e a mineralogia do sedimento permitem interpretações acerca das propriedades da área fonte, da dinâmica do transporte, de características do ambiente deposicional e da formação dos paleossolos. A partir dos dados obtidos pelas análises granulométricas por difração de raios laser nas 306 amostras coletadas ao longo da seção de Karamaidan, foram geradas curvas de variação de determinadas classes granulométricas para comparar com a seção colunar da área de estudo. As análises mineralógicas por difração de raios-X foram realizadas em 9 amostras selecionadas a partir dos seus valores de susceptibilidade magnética, optando-se por amostras com valores altos e baixos para obter contraste entre períodos quando houve maior formação de óxido de ferro e argilominerais e quando houve maior precipitação de carbonatos. A integração entre os dados granulométricos e mineralógicos obtidos neste trabalho, com os dados de susceptibilidade magnética junto da comparação com a bibliografia, permitiu a interpretação acerca dos processos, ambientes deposicionais e paleoclima desta sequência.
The region known as Central Asia, a desert area that extends from the Caspian Sea to the borders of western China, not only play an important role in the current global climatic dynamics but also has an extensive record of past global climactic dynamics in deposits of paleosols and aeolian dust, known as loess. The continental collision event between Asia and India is considered the primary cause of the current topography, especially the Tibetan Plateau and the Pamir and Tian Shan mountain ranges, ultimately providing the suitable environment for the transportation, deposition and formation of loess-paleosols sequences at the foothills of these mountains. The main objective of this study is to investigate the grain size and mineralogical variations in the sediments of the loess-paleosol sequence in the Karamaidan section in Tajikistan, to better understand the climatic fluctuations in the region during the Quaternary period, since the sediment grain size and mineralogy provide insights into the source area properties, transport dynamics and characteristics of the deposition environment. Using data obtained from laser diffraction particle size analyses from the 306 samples collected along the Karamaidan section, curves depicting variations in specific grain size classes were generated for comparison with the columnar section of the study area. Mineralogical analyses using X-ray diffraction were conducted on 9 selected samples based on their magnetic susceptibility values, with a preference for samples exhibiting high and low values to contrast periods of increase iron oxide and clay mineral formation with periods of greater carbonate precipitation. The integration of grain size and mineralogical data obtained in this study, along with magnetic susceptibility data, coupled with comparisons to the existing literature, has enabled the interpretation of processes, depositional environments, and paleoclimate of this sequence.

Descrição

Palavras-chave

Loess, Granulometria, Difração de raios-X, Karamaidan, Tajiquistão, Granulometry, X-ray diffraction, Tajikistan

Como citar