Análise de Vizinhança em Unidades de Conservação: Uma Proposta Metodológica para o Diagnóstico de Áreas Lindeiras

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2021-12-21

Orientador

Ribeiro, Admilson Írio

Coorientador

Pós-graduação

Ciências Ambientais - Sorocaba

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

No Brasil as unidades de conservação têm sofrido pressões antrópicas intensas, principalmente no seu entorno. O entorno das unidades de conservação normalmente é definido pela zona de amortecimento, e tem o objetivo de filtrar os impactos negativos das atividades que ocorrem fora da unidade de conservação. Nas zonas de amortecimento podem ocorrer diferentes cenários de pressões antrópicas, ocasionando danos ambientais e conflitos de usos e ocupações. Assim, parte da área lindeira entre a fronteira da unidade de conservação e a zona de amortecimento necessita de instrumentos com finalidade organizacional capaz de identificar e associar os diferentes usos e ocupações e as suas relações com os conflitos, riscos e danos ambientais. A proposta desenvolvida baseia-se em quatro condições de caracterização local, sendo a primeira constituída pela análise do cenário de uso e ocupação do entorno, que forneceu as primeiras informações das principais ocorrências na área lindeira. A segunda caracterização na aplicação de uma análise do risco de inflamabilidade local, que gerou mapas da zona de amortecimento e da área lindeira, que podem auxiliar na concentração de esforços para prevenção aos incêndios. A terceira caracterização na utilização de um protocolo de avaliação de área lindeira, onde, possibilitou um método de avalição das classes de qualidades dessa região fronteiriça. A quarta caracterização gerou um índice de criticidade envolvendo a combinação da aplicação do protocolo e o índice de inflamabilidade, que possibilitou analisar o grau de conservação no uso e ocupação do solo. Essa proposta, buscou contribuir para uma nova forma de olhar para estas áreas com o desenvolvimento de um novo modelo de diagnóstico sobre os danos ambientais que ocorrem nas áreas lindeiras das unidades de conservação.

Resumo (inglês)

In Brazil, conservation units have suffered intense anthropic pressures, especially in their surroundings. The surroundings of conservation units are usually defined by the buffer zone, and aim to filter the negative impacts of activities that occur outside the conservation unit. In the buffer zones, different scenarios of human pressures can occur, causing environmental damage and conflicts of uses and occupations. Thus, part of the area bordering the boundary of the conservation unit and the buffer zone needs instruments with an organizational purpose capable of identifying and associating the different uses and occupations and their relationships with conflicts, risks and environmental damage. The proposal developed is based on four conditions of local characterization, the first consisting of the analysis of the scenario of use and occupation of the surroundings, which provided the first information on the main occurrences in the neighboring area. The second characterization in the application of a local flammability risk analysis, which generated maps of the buffer zone and the border area, which can help in the concentration of efforts to prevent fires. The third characterization in the use of a border area evaluation protocol, where, it allowed a method of evaluation of the classes of qualities of this border region. The fourth characterization generated a criticality index involving the combination of the protocol application and the flammability index, which made it possible to analyze the degree of conservation in the use and occupation of the soil. This proposal sought to contribute to a new way of looking at these areas with the development of a new diagnostic model on the environmental damage that occurs in the areas bordering the conservation units.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados

Financiadores