Desenvolvimento de um sistema de tratamento de águas cinzas para reuso não potável

Imagem de Miniatura

Data

2022-08-05

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A água é um recurso natural renovável essencial à vida na Terra, pois sustenta a biodiversidade e mantém em funcionamento ecossistemas, comunidades e populações. Porém, diversos fatores contribuem para a sua escassez, provocando impactos sociais, econômicos e ambientais em escala global. Para amenizar os problemas gerados pela falta deste recurso, torna-se necessário o desenvolvimento de técnicas de reuso, prática já adotada por países desenvolvidos. Esse método não possui legislação nacional específica, entretanto, existem recomendações estabelecidas pelo Manual da ANA/FIESP/SINDUSCON e pela NBR 13969/1997, que apresentam as classes de água de reuso e respectivos parâmetros de qualidade para cada uso previsto. Assim, esse trabalho teve como objetivo analisar os sistemas de tratamento de águas cinzas apresentados na literatura nacional e internacional, para desenvolver um sistema de tratamento para reuso em atividades que não exigem potabilidade, utilizando materiais disponíveis no mercado, de baixo custo, de fácil execução e manutenção. Verificou-se que uma residência com quatro usuários gera, aproximadamente, 10 m³ mês-1 de água cinza, originada de lavadora de roupas, tanques, lavatórios e chuveiros. O sistema de tratamento selecionado para o projeto de reuso foi o two-stage, que consiste em filtração e desinfecção, sendo o meio filtrante composto de areia e carvão ativado granular e a desinfecção realizada por cloro de pastilha. Com a implementação do sistema de tratamento, o consumo mensal de água fornecida pelo serviço de abastecimento reduziu em 52%. O sistema de tratamento desenvolvido neste trabalho teve um custo total de R$ 4.919,59 e, considerando a tarifa paga ao serviço de abastecimento público do município de Guaratinguetá, este empreendimento pode ser quitado em, aproximadamente, 8 anos. Os benefícios ambientais dessa prática são imensuráveis e contribuem para o uso sustentável dos recursos hídricos.
Water is a renewable natural resource essential to life on Earth, as it sustains biodiversity and keeps ecosystems, communities and populations functioning. However, several factors contribute to its scarcity, causing social, economic and environmental impacts on a global scale. To alleviate the problems generated by the lack of this resource, it is necessary to develop reuse techniques, a practice already adopted by developed countries. This method does not have specific national legislation, however, there are recommendations established by the ANA/FIESP/SINDUSCON Manual and by NBR 13969/1997, which present the reuse water classes and respective quality parameters for each intended use. Thus, this work aimed to analyze the gray water treatment systems presented in the national and international literature, to develop a treatment system for reuse in activities that do not require potability, using materials available on the market, of low cost, of easy execution. and maintenance. It was found that a residence with four users generates approximately 10 m³ month-1 of gray water, originating from washing machines, tanks, washbasins and showers. The treatment system selected for the reuse project was the two-stage, which consists of filtration and disinfection, the filtering medium being composed of sand and granular activated carbon and disinfection carried out by tablet chlorine. With the implementation of the treatment system, the monthly consumption of water supplied by the supply service reduced by 52%. The treatment system developed in this work had a total cost of R$ 4,919.59 and, considering the tariff paid to the public supply service in the municipality of Guaratinguetá, this project can be paid off in approximately 8 years. The environmental benefits of this practice are immeasurable and contribute to the sustainable use of water resources

Descrição

Palavras-chave

Disponibilidade hídrica, Reuso de água, Sustentabilidade, Basic sanitation, Water availability, Water reuse, Sustainability, Água - Reuso, Sustentabilidade, Saneamento

Como citar