A fala do interior paulista no cenário da sociolinguística brasileira: panorama da concordância verbal e da alternância pronominal

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-01-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Como parte das pesquisas sociolinguísticas desenvolvidas no interior do projeto ALIP (Amostra Linguística do Interior), privilegiamos, neste artigo, a apresentação de resultados gerais decorrentes da investigação de três fenômenos variáveis na fala do interior paulista: (i) a concordância verbal de primeira pessoa do plural; (ii) a concordância verbal de terceira pessoa do plural; (iii) a alternância pronominal entre as formas de codificação da primeira pessoa do discurso do plural nós e a gente. Assumindo os preceitos teórico-metodológicos da Sociolinguística laboviana, mostramos, por meio de comparações interdialetais, como tais fenômenos variáveis se inserem no cenário mais amplo da pesquisa sociolinguística sobre o português brasileiro. Os resultados permitem constatar aproximações e distanciamentos entre a fala do interior paulista e de outras variedades do português brasileiro, o que põe à mostra a importância da descrição de mais essa variedade, ainda pouco conhecida no cenário sociolinguístico brasileiro.
As part of sociolinguistic researches developed by ALIP (speech samples from the countryside region of São Paulo) Project, in this paper we present general results for three variable phenomena of speech from countryside region of São Paulo State: (i) verbal agreement of first person plural; (ii) verbal agreement of third person plural; (iii) pronominal alternation between the forms of first person plural of discourse nós (we) and a gente. Based on principles of Labovian Sociolinguistics, whereby interdialectal comparison, we show how these variable phenomena are inserted in the Brazilian Sociolinguistics panorama. The results allow us to find similarities and differences among the speech from countryside region of São Paulo State and other varieties from Brazilian Portuguese, highlighting the relevance of the description of this variety still little known in the Brazilian Sociolinguistics panorama.

Descrição

Palavras-chave

Português paulista, Concordância verbal, Alternância pronominal, Paulista Portuguese, Verbal agreement, Pronominal alternation

Como citar

Alfa : Revista de Linguística (São José do Rio Preto). Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, v. 56, n. 3, p. 1003-1034, 2012.