Um estudo sobre a falta de padronização no uso de grandezas físicas em um curso de Engenharia Elétrica e Eletrônica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-12-18

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O ensino de Física deve ser melhorado e aprimorado em diversos âmbitos do sistema educacional, inclusive nas universidades. A maioria dos da Engenharia iniciam o curso sem estar devidamente preparados e com um grande déficit conceitual Física e Matemática. Já, nas próprias Faculdades, existe um desencontro de informações entre o que é ensinado de Física, de acordo com os conteúdos já conhecidos e aqueles utilizados no dia a dia do engenheiro já formado. Neste trabalho serão trabalhadas formas de repassar estes conteúdos padronizando a notação utilizada. No presente estudo também é discutidas formas para que os professores possam abordar esses conceitos e conseguir o máximo de aproveitamento dentro da sala de aula. Para a coleta de dados foi aplicados um questionário aos docentes de engenharia elétrica e eletrônica da Fundação Educacional de Votuporanga e dois questionários aos alunos destes mesmos cursos; aula teórica que abordou os principais conflitos na utilização das grandezas físicas foi também ministrada. Nos questionários, os docentes ressaltaram a importância de uma padronização no ensino das grandezas físicas nos cursos de engenharia, assim como as dificuldades no uso dessas grandezas físicas entre os alunos. Nos questionários aplicados aos alunos, a sua grande maioria apresentou déficit na conceitualização das grandezas físicas. Se faz necessária uma padronização no ensino das grandezas físicas nos materiais didáticos e na linguagem utilizada pelos docentes.
The teaching of physics should be improved and enhanced in various areas of the education system, including in universities. Many students begin an engineering degree without being properly prepared and with a great conceptual deficit in physics. This dissertation discussed the misleading ways in which the physical quantities are taught to students in engineering courses and used in the professional scope of these students, thus generating difficulties in learning and improvement of these future engineers. In the present study it is also discussed a way that teachers can address these concepts to achieve maximum use within the classroom. For data collection were applied a questionnaire to electrical and electronic engineering professors and two questionnaires to students of these courses and imposed a lecture that addressed the main conflicts in the use of results. By analyzing the data it was found that all teachers reported the importance of standardization in the teaching of physical quantities in engineering courses, as well as witnessed difficulties in the use of physical quantities among students. In questionnaires given to students it was noticeable that the vast majority of students presented a deficit in the conceptualization of results. So it follows that if a standardization is needed in the teaching of physical quantities in teaching materials and language used by teachers.

Descrição

Palavras-chave

Ensino, Física, Engenharia, Grandezas físicas, Nomenclaturas, Education, Physical, Engineering, Physical quantities, Nomenclatures

Como citar