Tricomas secretores de Lippia stachyoides Cham. (Verbenaceae): estrutura, ontogênese e secreção

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-02-27

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Uma característica da família Verbenaceae é a presença de tricomas secretores, geralmente produtores de óleos essenciais de grande valor medicinal. Muitas espécies de Lippia Houst. são utilizadas em programas fitoterápicos e de complementação alimentar no Brasil, sendo L. alba e L. sidoides as mais utilizadas e estudadas. O cerrado possui aproximadamente 33 espécies de Lippia cujo potencial farmacológico é desconhecido. Apesar da importância econômica como fonte de medicamentos e da representatividade de Lippia na flora aromática nativa, pouco se conhece sobre os aspectos estruturais e da secreção dos seus tricomas secretores. Neste trabalho foram estudados os tricomas secretores presentes em órgãos vegetativos e reprodutivos de L. stachyoides Cham. sob o ponto de vista morfológico, ontogenético, histoquímico e ultra-estrutural. Foram utilizadas técnicas convencionais em estudos anatômicos e ultra-estruturais; a identificação in situ da composição química das substâncias presentes nos tricomas foi realizada por meio de testes histoquímicos. Em L. stachyoides, os tricomas secretores são capitados e foram classificados em cinco tipos morfológicos, os quais são amplamente distribuídos no caule, folhas e inflorescências. A histoquímica revelou que nos tipos I e IV predominam substâncias hidrofílicas e nos tipos II e V, substâncias lipofílicas. De um modo geral, as características ultraestruturais observadas em cada tipo de tricoma corroboraram os resultados das análises histoquímicas. Os resultados do presente trabalho sugerem que as variações morfológicas dos tricomas secretores em L. stachyoides estão associadas com a composição química da secreção
A feature of the family Verbenaceae is the presence of secretory trichomes, producers of essential oils with great medicinal value. Many species of Lippia Houst. are employed in phytotherapic and food complementation programs in Brazil, being L. alba and L. sidoides the most employed and studied species. The Brazilian cerrado has approximately 33 species of Lippia, whose pharmacological potential is unknown. Despite the economic importance of Lippia as a source of medicinal drugs and its representation in native aromatic flora, little is known about the structural and secretion features of its trichomes. In this work, the secretory trichomes, occurring in vegetative and reproductive organs of Lippia stachyoides Cham., were studied on the morphological, ontogenetic, histochemical and ultrastructural views. Usual techniques of vegetal anatomy and ultrastructure were employed; in situ identification of the chemical composition of the substances present in the trichomes was performed according to histochemical tests. In L. stachyoides, the secretory trichomes are capitate and classified according to five morphological types which are widely distributed in the shoot, leaves and inflorescences. The histochemistry revealed that in types I and IV, hydrophilic compounds are predominant and that lipophilic substances predominate in the types II and V. In general, the ultrastructural features observed in each trichome type corroborate the histochemical analysis. The results of this work suggest that morphological variations of secretory trichomes in L. stachyoides are associated to the chemical composition of the secretion

Descrição

Palavras-chave

Morfologia vegatal, Alecrim - Uso terapêutico, Plantas medicinais, Anatomy, Cerrado, Lippia stachyoides, Secretory trichomes, Ultrastucture, Verbenaceae

Como citar

FAVORITO, Shelly. Tricomas secretores de Lippia stachyoides Cham. (Verbenaceae): estrutura, ontogênese e secreção. 2009. 83 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Botucatu, 2009.