Comparação de diferentes técnicas cirúrgicas para osteossíntese de ílio em gatos: revisão sistemática

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Aproximadamente 20 a 22 % das fraturas em felinos são pélvicas e quase metade destas são em ilío, que muitas vezes estão associadas a outras lesões pélvicas ósseas e a tecidos moles. A indicação cirúrgica para o tratamento destas lesões depende do grau de instabilidade, de perda da continuidade óssea, colapso do canal pélvico, fraturas acetabulares, envolvimento de estruturas do eixo de sustentação de peso do animal, lesão nervosa e dor intratável mesmo com uso de analgésicos. O objetivo desta revisão sistemática foi comparar o uso de quatro métodos diferentes para a osteossíntese de ílio em gatos, sendo estes: as placas laterais, placas dorsais, placas em T e, parafusos, fios de Kirschner, fios de aço e polimetilmetacrilato usados em conjunto, em relação às implicações e complicações do uso de cada uma das técnicas. Foram utilizados artigos científicos retrospectivos e prospectivos publicados nas bases de dados informatizados PUBMED, Scielo, Periódico Capes e Google Schoolar que abordassem diferentes técnicas para a osteossíntese de ílio em gatos e foi realizada a análise e comparação de seus dados. Quatro artigos foram selecionados por serem adequados para abordar o tema indicado, todos redigidos em língua inglesa, porém, um sendo de origem francesa e três de origem britânica, cada artigo relatando um tipo diferente de método utilizado. A discussão e a conclusão se deram com base nestes artigos. Nenhuma das técnicas pode ser considerada perfeitamente adequada para qualquer osteossíntese de ílio. Cada uma das quatro possui prós e contras e tem demonstrado melhor eficácia para um tipo específico de fratura ilíaca em gatos, cabendo ao cirurgião veterinário reconhecer e selecionar a melhor a ser utilizada em cada situação

Descrição

Palavras-chave

Gato, Fraturas em animais, Pelve, Fixação interna de fraturas, Ilium

Como citar

FERRARI, Elís Domingos. Comparação de diferentes técnicas cirúrgicas para osteossíntese de ílio em gatos: revisão sistemática. 2014. 1 CD-ROM. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Medicina Veterinária) Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária, 2014.