Retenção de nutrientes na carcaça de piaparas (Megaleporinus obtusidens) alimentados com níveis crescentes de proteína

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-01-06

Orientador

Takahashi, Leonardo Susumu
Carli, Gabriela Castellani

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Zootecnia - FCAT

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Com o crescimento da piscicultura e sua maior notoriedade dentro do setor agropecuário, estudos sobre a nutrição de peixes se tornam de grande importância para uma produção sustentável. O Brasil vem cada vez mais introduzindo o pescado ao seu dia a dia o que faz com que o setor busque maneiras de atender a essa demanda de maneira mais eficiente e econômica possível. Dentro desse contexto e aliado as pesquisas que demonstram o excelente valor nutricional dos pescados a saúde humana, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da inclusão de níveis crescentes de proteína digestível em dietas para piapara (Megaleporinus obtusidens) no desempenho e retenção de nutrientes na carcaça. Foram utilizados 240 juvenis de piapara com peso médio de 29g, distribuídos em 24 caixas de polietileno de 130 L (10 peixes/caixa), sendo alimentados com 6 dietas experimentais extrusadas, contendo níveis proteína digestível (20, 23, 26, 29, 32 e 35%). Os peixes foram alimentados durante 74 dias até a saciedade aparente, e, após este período, foram anestesiados em solução de eugenol (0,1g/L), pesados e congelados. Com os pesos de biometria inicial e final foi calculado o ganho de peso diário (GPD) dos peixes de cada tratamento, e, com as carcaças de peixe moídas, foram realizadas análises de matéria seca (MS), material mineral (MM), proteína bruta (PB) e extrato etéreo (EE). O experimento foi realizado em um delineamento inteiramente casualizado (DIC), contendo 6 tratamentos e 4 repetições. Os resultados, foram submetidos a análise de variância (ANOVA) e teste de normalidade (teste de Shapiro Willk). As médias foram comparadas pelo Teste de Tukey (5%), através do programa Rstudio, v.4.1.1. Não foram encontradas diferenças estatísticas (p<0,05) para os parâmetros avaliados, demonstrando que, níveis elevados de proteína na dieta não garantem maior retenção deste nutriente na carcaça para a espécie.

Resumo (inglês)

In the growth of fish farming and its greater notoriety within the agricultural sector, studies on fish nutrition become of great importance for a sustainable production. Brazil is increasingly introducing fish in its daily life, which makes the sector seek ways to meet this demand in the most efficient and economical way possible. Within this context and allied to researches that demonstrate the excellent nutritional value of fish to human health, the objective of this work was to evaluate the effect of including increasing levels of digestible protein in diets for piapara (Megaleporinus obtusidens) on performance and nutrient retention in the carcass. A total of 240 piapara juveniles with a mean weight of 29g were distributed in 24 polyethylene boxes of 130 L (12 fish/box), and fed with 6 extruded experimental diets containing digestible protein levels (20, 23, 26, 29, 32 and 35%). The fish were fed for 74 days until apparent satiation, after which they were anesthetized in eugenol solution (0.1g/L), weighed, and frozen. With the initial and final biometric weights, the Daily Weight Gain (DWG) of the fish in each treatment was calculated, and with the ground fish carcasses, analyses of Dry Matter (DM), Mineral Material (MM), Crude Protein (CP), and Ethereal Extract (EE) were performed using. The experiment was designed in an entirely randomized design (DIC), with 6 treatments and 4 repetitions. The results were submitted to analysis of variance (ANOVA) and normality test (Shapiro Willk test). The means were compared by Tukey test (5%), using the program Rstudio, v.4.1.1. No statistical differences (p<0.05) were found for the parameters evaluated, demonstrating that high levels of protein in the diet do not guarantee greater retention of this nutrient in the carcass for the species.

Descrição

Idioma

Português

Como citar