Petrografia e geoquímica do Granito Apiaí - sul do estado de São Paulo

dc.contributor.advisorGodoy, Antonio Misson [UNESP]
dc.contributor.advisorVieira, Otávio Augusto Ruiz Paccola [UNESP]
dc.contributor.authorCuellar, Bruno Santiago Avelar [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2022-06-01T17:33:23Z
dc.date.available2022-06-01T17:33:23Z
dc.date.issued2019-11-28
dc.description.abstractO Granito Apiaí se localiza na Província Mantiqueira Central, na porção centro-sul do Cinturão Ribeira, que integra os diferentes cinturões formados pela Orogenia Neoproterozoica Brasiliano-Pan Africana. Especificamente, situa-se no Terreno Apiaí, localizado no extremo sul do estado de São Paulo e intrude as formações Água Clara, Serra da Boa Vista e Mármore Apiaí, pertencentes ao Supergrupo Açungui, composto por rochas meso a neoproterozoicas metavulcanossedimentares. Está inserido nas folhas topográficas Apiaí (SG-22-X-B-V-1), Araçaíba (SG-22-X-B-II-3) e Mina do Espírito Santo (SG-22-X-B-II-4), em escala 1:50.000 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, a oeste da cidade de Apiaí, entre as coordenadas 48°55'W/24°33’S e 48°43'W/24°24'S. O Granito Apiaí é um stock com aproximadamente 65 km² de área em formato lenticular com direção NE-SW, com cerca de 16 km de comprimento, que se alarga em sua porção nordeste. Seus contatos com as rochas encaixantes são tectônicos, marcado pela interferência da Zona de Cisalhamento Quarenta-Oitava, de orientação NE-SW, e intrusivo, pela presença de apófises de granito em suas encaixantes, e pela ocorrência de tetos pendentes da Formação Água Clara e do Mármore Apiaí sobre ele. O magmatismo tem idade neoproterozoica, e é responsável pela formação de diversos outros corpos graníticos, como os batólitos Cunhaporanga, Três Córregos e Agudos Grandes, além de muitos stocks e corpos isolados. As rochas do corpo possuem estrutura maculada levemente foliada, com textura fanerítica grossa, holocristalina, e inequigranular sendo marcado pela presença de fenocristais de feldspatos potássicos de coloração rósea. O stock dividido em duas fácies distintas e mapeáveis em escala 1:25.000: a fácies com fenocristal róseo de granulação entre 0,5 e 1,6 cm, com matriz fina a média, marcada pelo tamanho de grãos variando entre 0,3 mm e 5 mm, com textura hipautomórfica a xenomórfica; e a fácies com fenocristal róseo de granulação entre 1 e 3 cm, por vezes chegando a mais de 4 cm, com matriz de granulação fina a média, marcada por grãos variando entre 0,4 mm e 8 mm, com textura hipautomórfica a xenomórfica. Em determinados locais, encontra-se brechado ou milonitizado, devido à presença de zonas de cisalhamento e é descrito como granito indistinto nessas localidades. A mineralogia de ambas as fácies é similar, apresentando composição de monzogranito composto por oligoclásio (28%), quartzo (25%), fenocristais de microclínio (18%), microclínio na matriz (13%), biotita (8%), hornblenda (4%), titanita (1%), apatita (1%), zircão (1%), opacos (1%), allanita (tr), clorita (tr), epidoto (tr). Geoquimicamente, trata-se de um granito cálcio-alcalino do tipo I, com assinatura metaluminosa. É caracterizado como sin- colisional.pt
dc.description.abstractApiaí Granite is located at the Central Mantiqueira Province, at the center-southern portion of Ribeira Belt, which integrates the different orogenic belts formed by Pan-African/Brasilian Neoproterozoic Orogeny. Specifically, it is located in the Apiaí Terrain, at the extreme south of São Paulo State, and intrudes the Meso to Neoproterozoic Água Clara, Serra da Boa Vista and Mármore Apiaí, metasedimentary rocks formations, which belong to Açungui Supergroup. It is inserted at the topographic sheets of Apiaí (SG-22-X-B-V-1), Araçaíba (SG-22-X-B-II-3) and Mina do Espiríto Santo (SG-22-X-B-II-4), with 1:50.000 scale from Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, western Apiaí city, between the coordinates 48º55’W/24º33’S and 48º43’W/24º24’S. The Apiaí Granite is a stock with approximately 65 Km² area in a lenticular shape with NE-SW direction, measuring 16 Km length, that thickens in its northeastern portion. The pluton’s contacts with its country rocks are tectonic, represented by Quarenta-Oitava Shear Zone interference, and intrusive, by the existence of granitic apophysis in the country rocks and by the occurrence of Água Clara and Mármore Apiaí formations roof pendants on the Apiaí Granite. Its origin is due to an intense Neoproterozoic magmatism, which was responsible by the generation of several another granitic bodies, such as Cunhaporanga, Três Córregos and Agudos Grandes batholiths, and plenty other stocks or isolated bodies. Apiaí Granite’s structure is porphyritic with an incipient foliation, medium grained, holocristaline and inequigranular texture and plenty pink potassium feldspars fenocristals. It is subdivided in two different facies in a 1:25.000 scale: i) facies with 0,5 – 1,6 cm wide pink fenocristals, with allotriomorphic to hypidiomorphic medium grained groundmass; and ii) facies with 1 – 3 cm (sometimes even 4 cm) wide pink fenocristals with allotriomorphic to hypdiomorphic medium grained groundmass. In some locations, due to shear zones, it is milonitized or brechated, and is classified as indifferenced granite in such locations. The mineralogy of both facies is almost similar, with monzogranite composition, with oligoclase (28%), quartz (25%) microcline fenocristals (18%) groundmass microcline (13%), biotite (8%), hornblende (5%), titanite (1%), apatite (1%), zircon (1%), allanite (tr), chlorite (tr), epidote (tr). It is a calc-alkaline type I granite, with metaluminous signature. The granite is a sincolisional body, with cristalization age of 605 ± 3 Ma identified by U-Pb method.en
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamento
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/234986
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.subjectGeologiapt
dc.subjectRochas igneaspt
dc.subjectGranitopt
dc.subjectGranito Apiaípt
dc.subjectPetrografiapt
dc.subjectGeoquímicapt
dc.subjectApiai Graniteen
dc.subjectPetrographyen
dc.subjectGeochemistryen
dc.titlePetrografia e geoquímica do Granito Apiaí - sul do estado de São Paulopt
dc.title.alternativePetrography and geochemistry of the Apiaí Granite - southern São Paulo stateen
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Rio Claropt
unesp.undergraduateGeologia - IGCEpt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
cuellar_bsa_tcc_rcla.pdf
Tamanho:
11.27 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 2 de 2
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
2.44 KB
Formato:
Item-specific license agreed upon to submission
Descrição:
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
cuellar_bsa_autorizacao_rcla.pdf
Tamanho:
366.55 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Descrição: