Interrelações da produtividade de cana-de-açúcar com atributos químicos de um argissolo vermelho eutrófico paulista

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-01-25

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A cultura da cana-de-açúcar representa hoje grande fonte de divisas para o Brasil, seja pela produção de açúcar quanto pela produção de álcool etílico. A modelagem geoespacial permite a descrição quantitativa da variabilidade espacial dos atributos do solo e a estimativa não tendenciosa da variância mínima de valores desses atributos em locais não amostrados. Acessar essa variabilidade faz da geoestatística uma eficiente ferramenta de suporte na decisão do manejo do solo para incremento de produtividade das culturas. Este trabalho teve como objetivo analisar as correlações, lineares e espaciais, entre a produtividade da cana de açúcar e os atributos químicos do solo, determinando aqueles que melhor se relacionaram com o aumento da produtividade agrícola em questão. O trabalho foi realizado no município de Rubinéia (SP), cujo solo da área é um Argissolo Vermelho Eutrófico. O local das coletas de dados de fertilidade do solo e da produtividade da planta foram através da alocação de uma malha geoestatística com 121 pontos amostrais em duas profundidades (0-0,20 e 0,20-0,40m), numa área de 1,30 ha, com a distância entre os pontos de 10 x 13 metros. As análise de produtividade foram realizadas a campo por meio de contagem de número de plantas e pesagem de colmos em uma área de 9 m² por ponto amostral. A série de dados foi normal para todos os atributos tecnológicos da cana-de-açúcar, enquanto que, para os atributos do solo na profundidade de 0-0,20 m os atributos que apresentaram normalidade dos dados foram o pH, o potássio e a saturação por bases (V%), e na profundidade de 0,20-0,40 foram o pH, o teor de magnésio e a saturação por bases. A média da produtividade de colmos foi de 94,6 t ha-1 e a número de colmos com média de 11,48 colmo m2. Para os atributos do solo, os que apresentaram maiores...
The culture of sugarcane today represents big source of hard currency for Brazil, either by production of sugar or by production of ethyl alcohol. The geospatial modeling allows the quantitative description of the spatial variability of soil attributes and unbiased estimate of the minimum variance values of these attributes in locations non-sampled. Access this variability makes geostatistical an efficient decision support tool in of the soil management to increase crop productivity. This work had as objective analyze the correlations, linear and space between the productivity of sugarcane (Saccharum spp.) and soil chemical attributes, determining those that best correlated with the increase in agricultural productivity at issue. The work was conducted in the municipality of Rubinéia (SP), the soil in the area is an Red Ultisol eutrophic. Installed a geostatistical grid for data collection of soil and plant, with 121 sampling points in two depths (0-0.20 and 0.20-0.40 m), an area of 1.30 ha, with distance between dots of 10 x 13 meters. The analysis was conducted field productivity means for counting number of plants and weighing of stems in an area of 9 m² per sample point, analysis of the technological plants were performed in the laboratory of power plant Vale do Parana S/A using the methodology of CONSECANA. The data series was normal for all the technological attributes of sugarcane, whereas for the soil attributes in the 0-0.20 m depth the attributes of the data were presented normality pH, potassium (K) and base saturation (V%), and in depth from 0.20-0.40 the pH, magnesium (Mg) and V%. The average production was found in 94.6 t ha-1 and plant population obtained an average 11.48 p. m-2. For the attributes of the soil, to the highest averages were potassium layers 0-0.20 and 0.20-0.40 (K1 and K2), Magnesium layers... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Geologia - Métodos estatísticos, Krigagem, Solos - Fertilidade, Cana-de-açúcar, Geology - Statistical methods

Como citar

DAL BEM, Edjair Augusto. Interrelações da produtividade de cana-de-açúcar com atributos químicos de um argissolo vermelho eutrófico paulista. 2013. 84 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, 2013.