Análise comparativa dos métodos de previsão da capacidade de carga de estacas: um estudo de caso

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-11-04

Orientador

Motta, Mariana Ferreira Benessiuti

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Engenharia Civil - FEG

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho de conclusão de curso

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O correto dimensionamento de fundações profundas se faz necessário para que não incorram problemas das mais variadas naturezas nas obras de construção civil. Para que este dimensionamento seja o mais assertivo possível, se faz o uso de diversos métodos para avaliação da capacidade de carga de uma estaca. O presente trabalho apresenta a análise comparativa entre os resultados dos métodos Decourt-Quaresma, Aoki-Velloso, Van der Veen, Decourt (Rigidez) e NBR 6122/2019 para duas estacas executadas, uma sendo do tipo hélice contínua e outra sendo escavada com polímero na região sul do Brasil, no estado do Paraná pela empresa FUGRO. A pesquisa se baseou na análise da bibliografia já existente, nos relatórios fornecidos pela empresa para levantamento do problema (sondagens SPT e provas de carga estática) e principalmente dos parâmetros envolvidos nos mais diferentes métodos objetos de estudo deste trabalho. Assim os cálculos, utilizando as premissas de cada um dos métodos, foram realizados para que se obtivesse as respectivas capacidades de carga de cada um dos métodos. Verificou-se que, os métodos em questão apresentam resultados por vezes muito diferentes um dos outros, para um mesmo objeto de estudo, e que pode ocorrer de um método não apresentar resultados dependendo das condições em questão. Para este trabalho, o método de Van der Veen trouxe resultados mais satisfatórios que os outros. Por fim, vale salientar que é de suma importância a adoção de mais de um método de análise quando o assunto é dimensionamento de estacas e aferição da capacidade de carga das mesmas, já que cada método leva em conta diferentes parâmetros e foi elaborado em diferentes regiões, fazendo com que suas hipóteses possam ser diferentes um dos outros.

Resumo (inglês)

The correct dimensioning of deep foundations is necessary so that problems of the most varied nature do not incur in civil construction works. For this dimensioning to be as assertive as possible, several methods are used to assess the load capacity of a pile. The present work presents the comparative analysis between the results of the Decour-Quaresma, Aoki-Velloso, Van der Veen, Decourt (Rigidity) and NBR 6122/2019 methods for two piles executed, one being of the continuous helix type and the other being excavated with polymer in the southern region of Brazil, in the state of Paraná by the company FUGRO. The research was based on the analysis of the existing bibliography, on the reports provided by the company to survey the problem and mainly of the parameters involved in the most different methods object of study in this work. So the calculation, using the premises of each of the methods, were to obtain the respective load capacities of each method. It was found that the methods in question present results that are sometimes very different from each other, for the same object of study, and that it may happen that a method does not present results depending on the conditions in question. For this work, the Van der Veen method brought more satisfactory results than the others. Finally, it is worth noting that it is of utmost importance to adopt more than one method of analysis when it comes to dimensioning piles and measuring their load capacity, since each method takes into account different parameters and was developed in different regions, making your hypotheses different from each other.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Itens relacionados