A gestão escolar fora do lugar: entre o burocrático e o pedagógico, onde fica o diretor de escola?

Imagem de Miniatura

Data

2024-02-20

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Essa tese reúne os apontamentos encontrados a partir de pesquisa de doutoramento em gestão escolar. Objetivando compreender como gestores escolares municipais enxergam a questão da responsabilidade institucional no que se refere à organização da escola, ao desempenho e frequência dos discentes e ao papel do Estado na oferta do ensino, entrevistamos quatro diretores, dois de Escolas Municipais de Ensino Fundamental, e dois de Centros de Educação e Recreação, que oferecem educação infantil, localizados na cidade de Araraquara, interior do estado de SP. A partir desses depoimentos, intentamos analisar como a educação infantil e fundamental estão configuradas no município, contrapondo os relatos às normativas oficiais que regulamentam a oferta educacional. Nossa referência teórica foi a pedagogia histórico-crítica, que propõe a compreensão da escola no cenário atual com a finalidade de construir ferramental que auxilie na concretização de seu papel fundamental: transmitir aos alunos a síntese máxima dos conhecimentos científicos e culturais produzidos até o momento pela sociedade, o que formará cidadãos aptos a reconhecer com clareza o modelo capitalista excludente em que estamos imersos e trabalhar para sua superação. Em nossos resultados, encontramos gestores conscientes de suas responsabilidades e limitações, com críticas contundentes aos recursos fornecidos pelo Estado para o desempenho de suas funções e o funcionamento que consideram adequado para a instituição escolar.
This thesis compiles findings from doctoral research on school management, aiming to comprehend how municipal school administrators perceive institutional responsibility concerning school organization, student performance and attendance, and the role of the State in providing education. Four directors were interviewed, two from Municipal Elementary Schools and two from Centers for Education and Recreation, providing early childhood education, all located in Araraquara, within the state of São Paulo. From these testimonies, the intent was to analyze how early childhood and elementary education are configured in the municipality, contrasting the accounts with official regulations governing educational provision. Our theoretical framework was historical-critical pedagogy, seeking to understand the current educational landscape to construct tools that assist in realizing its fundamental role: imparting to students the maximum synthesis of scientific and cultural knowledge produced by society up to this point. This aims to cultivate citizens capable of clearly recognizing the exclusionary capitalist model we are immersed in and working towards its overcoming. In our findings, we encountered administrators aware of their responsibilities and limitations, with pointed critiques regarding the resources provided by the State for performing their duties and the functioning they consider suitable for the school institution.

Descrição

Palavras-chave

Gestão escolar, Diretor de escola, Responsabilização, Escola pública, School management, School principal, Accountability, State school

Como citar

Bizelli, Thaís Vargas. A gestão escolar fora do lugar: entre o burocrático e o pedagógico, onde fica o diretor de escola?/ Thaís Vargas Bizelli. Araraquara, 2023. 72 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquara