O uso de bebida alcoólica por escolares

Resumo

A bebida alcoólica, apesar dos diversos danos que causa à população em geral, e em especial aos jovens, ainda não é considerada como droga, e seu uso, em muitos contextos é até incentivado. Identificar o perfil de grupos de risco para o uso de álcool entre escolares pode auxiliar na compreensão dessa prática e servir de suporte à implantação de políticas públicas de prevenção na própria escola. O objetivo deste estudo foi o de verificar a ocorrência de uso nocivo de bebida alcoólica por escolares do 9º ano do ensino fundamental e suas implicações para o surgimento de comportamentos de risco em contexto social. A pesquisa transcorreu com 457 escolares nos anos de 2009 e 2010. Como instrumento de coleta de dados foi utilizado o Alcohol Use Disorders Identification Test – AUDIT. Foi verificado que 224 escolares (49,0 %), apesar de o álcool ser proibido a menores de 18 anos, fizeram uso de bebida alcoólica no último ano, e 1,6% foram classificados em níveis preocupantes de uso da substância. Concluiu-se que há necessidade de criação de projetos destinados à prevenção do uso de álcool entre os adolescentes, pois entre os escolares que relataram uso de álcool, na população estudada, sete apresentaram comportamento de risco ao atingirem pontuações acima de 19 no questionário AUDIT.

Descrição

Palavras-chave

ensino fundamental, bebida alcoólica, educação em saúde

Como citar

Revista LEVS, v. 8, n. 1, p. 191-201, 2011.