Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de vida na Escola (COM-VIDA): análise de uma política pública de educação ambiental e sua implementação em duas escolas de Teresina - Piauí

dc.contributor.advisorCavalari, Rosa Maria Feiteiro [UNESP]
dc.contributor.authorValois, Raquel Sousa [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:24:21Z
dc.date.available2014-06-11T19:24:21Z
dc.date.issued2013-03-22
dc.description.abstractEssa dissertação apresenta uma análise da política pública de educação ambiental – COM-VIDA – e sua implementação em duas escolas públicas municipais de Teresina, Piauí. Os principais objetivos foram compreender a política em seus diferentes contextos (“de influência”, “da produção de texto” e “da prática”), identificar as atividades desenvolvidas, as eventuais mudanças ocorridas e dificuldades encontradas na sua implementação no ambiente escolar e, por fim, investigar como os sujeitos envolvidos interpretaram/traduziram e efetivaram tal política nas escolas. A pesquisa fundamentou-se na abordagem do “ciclo de políticas” e na “teoria da política em ação”, bem como em autores que discutem o conceito de política pública, o papel do Estado nas políticas educacionais e políticas públicas de educação ambiental. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram entrevistas realizadas junto aos envolvidos com a COM-VIDA nas duas escolas e documentos produzidos tanto pelo governo federal quanto pelos alunos das escolas. Tais dados foram organizados e analisados por meio da abordagem do “ciclo de política”. Os principais resultados apontam que as atividades desenvolvidas revelam práticas de educação ambiental de cunho conservador, as mudanças comportamentais dos envolvidos estiveram dentre as mais relatadas pelos entrevistados e, a falta de recurso e de materiais e o desinteresse do alunado foram as dificuldades que mais se destacaram entre as apresentadas. Concluímos que os envolvidos com a COM-VIDA nas escolas estudadas interpretaram a política de maneira diferente daquela apresentada pelos documentos originais, fator responsável por provocar algumas mudanças em seu significado, o que acaba por influenciar na compreensão dos alunos sobre a política, na organização da equipe, nas atividades desenvolvidas e no relacionamento da COM-VIDA com a comunidade escolar e do seu entornopt
dc.description.abstractThis dissertation presents an analysis of the implementation of a public policy for environmental education - COM-VIDA - in two public schools in Teresina, Piauí. The main objectives were to understand this politics in their different contexts (“of influence”, “text production” and “practice”); to identify the developed activities, any changes and difficulties found in their implementation in the school environment and, ultimately, to investigate how the involved subjects interpreted / translated and conducted such a policy in both schools. The research was based on the approach of the policy and theory of policy enactment, as well as in authors who discuss the concept of public policy, the state's role in education policy and public policy on environmental education. The instruments used for data collection were interviews with those involved with the COM-VIDA in both schools and documents produced by both the federal government and the students from the schools. These data were organized and analyzed using the policy cycle approach. Data were collected through interviews with those involved with the COM-VIDA in both schools, and analyzed using the content analysis. The main results show that the activities envision a conservative imprint of environmental education, the behavioral changes of those involved were among the most frequently reported by respondents and the lack of resource and materials and the disinterest of the students were the difficulties that highlighted among the submitted. We conclude that those involved with the COM-VIDA in the schools interpreted the policy differently from that of the original documents, factor responsible for causing some changes in its meaning, which ultimately influence their understanding of the policy in the activities and COM-VIDA relationship with the school and around communitiesen
dc.format.extent139 f. : il.
dc.identifier.aleph000726176
dc.identifier.capes33004137064P2
dc.identifier.citationVALOIS, Raquel Sousa. Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de vida na Escola (COM-VIDA): análise de uma política pública de educação ambiental e sua implementação em duas escolas de Teresina - Piauí. 2013. 139 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2013.
dc.identifier.filevalois_rs_me_rcla.pdf
dc.identifier.lattes7967929210514075
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/90215
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectBrasil Ministério da Educação Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vidapt
dc.subjectEnvironmental educationpt
dc.subjectEducação ambientalpt
dc.subjectPoliticas publicas - Teresina (PI)pt
dc.subjectPoliticas publicas - Opinião públicapt
dc.subjectQualidade de vidapt
dc.subjectEcologia humanapt
dc.subjectEducação e Estadopt
dc.titleComissão de Meio Ambiente e Qualidade de vida na Escola (COM-VIDA): análise de uma política pública de educação ambiental e sua implementação em duas escolas de Teresina - Piauípt
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.author.lattes7967929210514075
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências, Rio Claropt
unesp.graduateProgramEducação - IBRCpt
unesp.knowledgeAreaEducaçãopt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
valois_rs_me_rcla.pdf
Tamanho:
1.09 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format