Análise retrospectiva do programa de castração de cães no município de Botucatu/SP, no período de 2021 a 2022

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2024-02-29

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A superpopulação de cães é um importante problema de Saúde Única, já que a coexistência desarmônica entre a espécie humana, canina e meio ambiente, potencializam os riscos à saúde coletiva, como na transmissão de zoonoses. Por tanto, compreender o problema é fundamental para atuar de forma estratégica no gerenciamento da população de cães. O objetivo do presente estudo foi uma análise retrospectiva do programa de mutirão de castração realizado pelo município de Botucatu, São Paulo. Com esse propósito, foi estabelecido um banco de dados baseado nas informações dos mutirões no período de novembro de 2021 a dezembro de 2022. Também foram realizadas análises de distribuição geográfica, frequência e associações dos seguintes dados: região, sexo, porte, livre acesso a rua e histórico reprodutivo dos animais castrados. A predominância das castrações ocorreu nas regiões sul e norte, onde também foi realizado o maior número de mutirões, justificando o fato. Com relação ao sexo verificou-se que as fêmeas são mais frequentemente castradas, representando 60%, enquanto os machos correspondem a 40% do total de castrações. Questões culturais podem estar envolvidas nessa proporção, já que em relação ao sexo e porte, cães grandes são mais frequentemente machos e menos castrados. A análise do perfil dos tutores com relação a posse responsável, considerando fatores como o livre acesso dos animais à rua e histórico reprodutivo, reforça a necessidade da educação permanente e conscientização da população sobre a importância da castração e da posse responsável, já que o histórico de cria foi de 86,3% nas fêmeas com acesso a rua. O estudo fornece uma proposta de gerenciamento estratégico da população canina da cidade de Botucatu, constituindo uma abordagem adaptativa, para o enfrentamento desse desafio, contribuindo para eficácia e sustentabilidade do programa existente no município.
Dog overpopulation is a major health problem, since the inharmonious coexistence between humans, dogs and the environment increases the risks to public health, such as the transmission of zoonoses. Therefore, understanding the problem is fundamental to acting strategically in managing the dog population. The aim of this study was a retrospective analysis of the mass neutering program carried out by the municipality of Botucatu, São Paulo. To this end, a database was set up based on information from the mass neutering from November 2021 to December 2022. Geographical distribution, frequency and association analyses were also carried out on the following data: region, sex, size, free access to the street and reproductive history of castrated animals. The majority of castrations took place in the southern and northern regions, where the greatest number of mass neutering were also carried out, which justifies the fact. With regard to sex, it was found that females are more often neutered, accounting for 60%, while males account for 40% of all neuterings. Cultural issues may be involved in this proportion, since in relation to sex and size, large dogs are more often male and are less often neutered. The analysis of the owners' profile in relation to responsible ownership, taking into account factors such as the animals' free access to the street and reproductive history, reinforces the need for ongoing education and raising awareness among the population about the importance of castration and responsible ownership, since the breeding history was 86.3% in females with access to the street. The study provides a proposal for the strategic management of the canine population in the city of Botucatu, constituting an adaptive approach to tackling this challenge, contributing to the effectiveness and sustainability of the existing program in the municipality.

Descrição

Palavras-chave

Saúde única, Gerenciamento de populações, Cães, Castração, Planejamento estratégico

Como citar

NOGUEIRA, Júlia de Abreu. Análise retrospectiva do programa de castração de cães no município de Botucatu/SP, no período de 2021 a 2022. Orientador(a): Cassiano Victória. 2023. Trabalho de Conclusão de Residência (Medicina Veterinária) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu, Universidade Estadual Paulista (Unesp), Botucatu, 2023.