Características cinemáticas, cinéticas e eletromiográficas do andar de adultos jovens com e sem suporte parcial de peso corporal

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-02-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia

Resumo

OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi analisar as características cinemáticas, cinéticas e eletromiográficas do andar de adultos jovens em piso fixo sem colete e com suporte parcial de peso (SPP) de 0, 10, 20 e 30% do peso corporal. MÉTODO: Oito jovens com idade média de 22,2 anos foram filmados andando sobre uma passarela que continha uma plataforma de força na região central para registro das componentes da força de reação do solo. Marcadores refletivos foram posicionados nos principais pontos anatômicos dos membros inferiores para registro dos dados cinemáticos, e eletrodos de superfície foram afixados nos músculos tibial anterior e gastrocnêmio medial para registro da atividade elétrica muscular. RESULTADOS: Diferenças significantes entre as cinco condições experimentais foram constatadas nas variáveis espaço-temporal, nos ângulos máximos e mínimos da coxa, joelho e tornozelo e nas amplitudes das componentes horizontal ântero-posterior e vertical da força de reação do solo. de forma geral, as maiores mudanças ocorreram na condição de SPP de 30% do peso corporal. CONCLUSÃO: É importante considerar as compensações que ocorrem no padrão do andar com SPP no planejamento das intervenções terapêuticas. Ainda, para melhor definir a utilização dos sistemas de suspensão de peso na reabilitação, estudos futuros precisam ser realizados para verificar o comportamento do andar em populações com alteração de movimento em piso fixo.
OBJECTIVE: The aim of this study was to analyze the kinematic, kinetic and electromyographic characteristics of young adults walking on a fixed platform without a vest and with partial body weight support (PBWS) of 0, 10, 20 and 30%. METHOD: Eight young adults (mean age: 22.2 years) were videotaped walking on a walkway that contained a force plate embedded in its middle portion, to record the ground reaction force (GRF) components. Reflective markers were placed on the main anatomical points of the lower limbs in order to acquire kinematic data, and surface electrodes were attached to the tibialis anterior and gastrocnemius medialis muscles in order to record electromyographic muscle activity. RESULTS: Significant differences among the five experimental conditions were observed with regard to spatial-temporal variables, the maximum and minimum angles for the thigh, knee, and ankle, and the amplitudes of the anteroposterior horizontal and vertical GRF components. Generally, the greatest changes occurred with PBWS of 30%. CONCLUSION: It is important to take into consideration the compensations to walking patterns that occur with PBWS, in planning therapeutic interventions. Moreover, to better define the use of suspended weight systems in rehabilitation programs, further investigations should be conducted in order to verify the walking patterns on fixed platforms among populations with movement disorders.

Descrição

Palavras-chave

marcha, biomecânica, força de reação do solo, gait, biomechanics, ground reaction force

Como citar

Brazilian Journal of Physical Therapy. Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia , v. 11, n. 1, p. 19-25, 2007.