Efeito dos tipos de saída do bloco na performance durante a largada em saída de provas de curta duração na natação

Imagem de Miniatura

Data

2018

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

In swimming, several factors can influence the performance in competitions of short distance (50 m and 100 m). One of these factors is the start from the block which consists of the beginning of the competition, through different types, citing some as the traditional start, grab start and kick-start, backstroke start and relay start. For better underwater time. Currently, they are often divided, in most pieces of work into six phases: block phase, flight phase, entry phase, glide phase, leg kicking phase and swimming phase. Thus, during analysis, there is a demarcation of each moment that can help identify which phase is better performed in each type of start and which benefits the most. Therefore, the purpose of the current study was done through a review of literature to analyse the performance under the influence of different types of block start for the 50 and 100 m distances in different performance level swimmers, which type of start showed better timing in the 15 meters and which factors influence the effectiviness of the starts. Articles on PubMed, SportDiscuss, Scielo, Web of Science and Google Scholar were used as well as some articles in the text references
Na natação, diversos fatores podem influenciar a performance nas provas de curta distância (50 m e 100 m). Um desses fatores é a saída de bloco que é caracterizada pelo início de uma prova, através de diferentes tipos de saída, sendo algumas delas a saída tradicional (ST), grab start (GS), track start (TS) e kick-start (KS), saída de costas e as saídas de revezamento. Para melhor análise das saídas, as mesmas foram subdivididas em três fases: tempo de bloqueio, tempo de voo/entrada e tempo subaquático. Atualmente, são frequentemente dividas, nas maiorias dos trabalhos, em 6 fases: fase de bloqueio, fase de voo, fase de entrada, fase de deslizamento, fase de propulsão de perna e fase de nado. Assim, para análise, há uma delimitação de cada momento, o que pode auxiliar a identificar qual fase é melhor realizada em cada tipo de saída e qual beneficia mais. Portanto, o objetivo do presente estudo foi, através de uma revisão de literatura, analisar a influência de diferentes tipos de saída de bloco na performance nas distâncias de 50 e 100 m em nadadores de diferentes níveis de performance, qual tipo de saída apresentou melhor tempo nos 15 metros e quais fatores influenciam na eficiência das saídas. Artigos que abordaram o assunto, obtidos nas bases PubMed, SportDiscus, Scielo, Web of Science e Google Scholar, foram utilizados, sendo resgatados também alguns artigos nas referências dos textos

Descrição

Palavras-chave

Natação, Torneios esportivos, Desempenho

Como citar

CHURCHILL, Pedro Henrique Porto. Efeito dos tipos de saída do bloco na performance durante a largada em saída de provas de curta duração na natação. 2018. 41 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Educação Física) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro), 2018.