Contribuição para o conhecimento da biologia de Cynoscion jamaicensis (Vaillant & Bocourt, 1883), na área entre Cabo de São Tomé (22º04's) e Torres (29º21'S), Brasil

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

1983-01-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade de São Paulo (USP), Instituto Oceanográfico

Resumo

Este trabalho baseia-se na análise de dados obtidos de 1891 exemplares de Cynoscion jamaicensis coletados durante quatro cruzeiros oceanográficos realizados por intermédio do N/Oc. Prof. W. Besnard, na área entre Cabo de Sao Tomé (22º04'S) e Torres (29º30'S), até a isóbata de 200 m, dentro do programa FAUNEC. A espécie distribui-se ao longo da plataforma continental, preferencialmente na região banhada pela agua costeira, com temperaturas entre 27ºC e 18ºC. Ocorrem concentrações de jovens e adultos, indiscriminadamente da distância da costa; os jovens ocorreram, em fevereiro-março, entre 22ºS e 27ºS e, nos demais períodos, entre 23º20'S e 27º30'S, enquanto os adultos distribulram-se, em fevereiro-março e maio, entre 26ºS e 27º30'S e, em setembro e novembro, entre 23ºS e 29º30'S. A desova ocorre entre as latitudes 24º30'S e 26º30'S, durante o fim do inverno-primavera (setembro-novembro). Concordando com o ciclo reprodutivo, o fator de condição mostrou variações cíclicas, com valor mais baixo durante setembro, período de desova. O pico de recrutamento verificou-se em maio, quando ocorreram indivíduos com comprimento total entre 70 e 90 mm, provenientes da desova do ano anterior, que ainda nao completaram um ano de idade. 0 comprimento médio de início da primeira maturação sexual é de 154 mm, sendo que aos 200 mm todos os indivíduos estão aptos para a reprodução. A relação peso total/comprimento total apresentou diferenças estatisticamente significativas entre sexos, com α = 3,25 para machos e 3,10 para fêmeas.
Data were obtained from 1891 specimens of Cynoscion jamaicebis collected during four trips aboard R/V Prof. W. Besnard'', from Cabo de São Tome (22º04'S) to Torres (29º21'S). This species occurs along the continental shelf, preferably on the region of coastal water influence with temperatures between 27ºC and 18ºC. There are young and adults along the coast, in all depths, although it was observed young in February-March at 22ºS and 27ºS and, during other months, at 23º20'S and 27º30'S, while the adults are distributed at 26ºS and 27º30'S in February-March and May and at 23ºS and 29º30'S in September-November. Spawning takes place between latitudes 24º30'S and 26º30'S in winter-spring (September-November), According to reproductive cycle, the condition factor (K) showed variations, being the lowest value in September (spawning season). The pick of recruitment was in May, occurring individuals with total length between 70-90 mm coming from the preceeding spawning period and that did not reach their first year of life. First sexual maturity is reached around 154 mm and at 200 mm all individuals are potentially mature. The weight/length relationship values were different for males α = 3,25) and females (α = 3,10).

Descrição

Palavras-chave

Distribuição espacial, Distribuição temporal, Estrutura da população, Plataformas continentais, Águas costeiras, Período de desova, Fator de condição, Relações peso, Maturidade sexual, Composição do sexo, Cynoscion jamaicensis, Cabo de São Tomé, Torres, Spatial distribution, Temporal distribution, Population structure, Continental shelves, Coastal waters, Spawning seasons, Condition factor, Length-weight relationships, Sexual maturity, Sex-ratio, Cynoscion jamaicensis, Cabo de São Tomé, Torres

Como citar

Boletim do Instituto Oceanográfico. Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, v. 32, n. 2, p. 125-136, 1983.