Influência do preparo biomecânico na microdureza e selamento marginal do MTA e do polímero derivado da mamona em perfurações radiculares simuladas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-03-30

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Neste estudo foram utilizados 96 dentes incisivos laterais bovinos que foram padronizados por meio de perfurações circulares com 2mm de diâmetro na face vestibular. As raízes foram divididas em 4 grupos de acordo com o material utilizado: G1-mineral trióxido agregado (MTA) sem proteção, G2- MTA protegido com cianoacrilato (SB), G3- MTA protegido com cimento de ionômero de vidro, G4- cimento derivado do polímero da mamona (CPM) sem proteção. Em seguida os canais foram preparados pela técnica seriada. As raízes foram seccionadas no sentido longitudinal. Catorze hemisecções foram utilizadas para análise de microinfiltração e 10 para análise de microdureza, para cada grupo. Para a análise de microinfiltração, as hemisecções foram impermeabilizadas e colocadas em solução tamponada de Rodamina 2% por 24 horas. No teste de microdureza as hemisecções foram incluídas em resina acrílica e desgastadas na face vestibular. Os dados da microinfiltração e microdureza foram avaliados através da análise estatística em nível de significância de 5%. Pôde-se observar que apesar do CPM ter o menor índice de infiltração (0.652 mm), observando-se as médias correspondentes (1.143 mm -MTA, 1.302 mm -SB, 1.029 mm - CIV) estatisticamente não houve diferença significante entre os grupos. No teste de microdureza pôde-se observar que todos os grupos com MTA (94,69HV -MTA, 92,25 HV - SB, 97,68 HV -CIV) demonstraram maior dureza em relação ao grupo do CPM (8,477 HV) com diferenças estatisticamente significante. Pode-se concluir que não houve injúria dos materiais quando submetidos aos agentes químicos e mecânicos. A realização das proteções do cimento de MTA não proporcionou melhoria nos resultados de microdureza. Todos os materiais mantiveram médias baixas de infiltração demonstrando serem eficientes como materiais seladores. O CPM se mostrou um material com boas propriedades seladoras, porém apresentou baixa dureza.
In this study 96 bovine lateral incisor teeth were used that were standardized through perforations with 2mm of diameter in the buccal surface. The roots were divided into 4 groups according to the used material: G1 - mineral trioxide aggregate (MTA) without sealing, G2 - MTA sealed with cianoacrilate (Super Bonder, Henkel, São Paulo, Brazil) - SB, G3 - MTA sealed with glass ionomer cement (Vidrion R, S.S.White, Rio de Janeiro, Brazil) - CIV, G4 - castor oil bean cement (CPM) without sealing. Afterwards the roots were prepared by stepback technique. The roots were split up in the longitudinal direction. Fourteen roots were used in microleakage analysis and ten in microhardness test of each group. For the microleakage the specimens were waterproof and put in buffer solution of 2% Rodhamina by 24 hours. In the microhardness test the specimens were included in acrylic resin and consumed in the buccal direction. The data of the microleakage and microhardness tests were appraised through the statistical analysis (level of significance 5%). It was observed that in spite of CPM having the smallest infiltration index (0.652 mm), was observed the corresponding averages (1.143 mm - MTA, 1.302 mm - SB, 1.029 mm - CIV) however there was no statistically significant difference among the groups. In the microhardness test the difference was analyzed among the materials. And all of the groups with MTA (94,69HV - MTA, 92,25 HV - SB, 97,68 HV - CIV) demonstrated higher hardness comparing to the CPM group (8,477 HV). It was concluded that there was no harmful of the materials when submitted to the chemical and mechanical agents. The performance of the sealing of the MTA cement did not provide improvement in the microhardness results. All the materials maintained low averages of infiltration. All materials demonstrated to be efficient and CPM was shown as a material with good sealing properties on the other hand showed low hardness.

Descrição

Palavras-chave

Endodontia, Canal radicular - Tratamento, Materiais dentários, Infiltração dentária

Como citar

FONSECA, Manuela Bafini. Influência do preparo biomecânico na microdureza e selamento marginal do MTA e do polímero derivado da mamona em perfurações radiculares simuladas. 2007. 82 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de São José dos Campos, 2007.