Os contos quase silenciosos de Lygia Fagundes Telles

Nenhuma Miniatura disponível

Data

2011

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

Lygia Fagundes Telles elegeu em sua ficção temas instigantes como o fantástico e o insólito, ao lado de elementos relacionados aos problemas sociais e individuais. Manifestando a influência de autores brasileiros e estrangeiros, de Machado de Assis a Henry James, a autora assimilou novas formas para representar na narrativa breve o indivíduo solitário na cidade ou impotente na barbárie contemporânea. Este trabalho revisita exemplos da força dessa maturidade literária nos contos, assinalando a utilização das estruturas para evidenciar conteúdos temáticos.
Lygia Fagundes Telles elegeu em sua ficção temas instigantes como o fantástico e o insólito, ao lado de elementos relacionados aos problemas sociais e individuais. Manifestando a influência de autores brasileiros e estrangeiros, de Machado de Assis a Henry James, a autora assimilou novas formas para representar na narrativa breve o indivíduo solitário na cidade ou impotente na barbárie contemporânea. Este trabalho revisita exemplos da força dessa maturidade literária nos contos, assinalando a utilização das estruturas para evidenciar conteúdos temáticos.

Descrição

Palavras-chave

Contemporary Brazilian short story, Lygia Fagundes Telles, women’s writing, Lygia Fagundes Telles, Contos, Literatura de autoria feminina

Como citar

Cerrados, v. 20, n. 31, p. 195-210, 2011.