Acúmulo de nutrientes na parte aérea e raízes, produção e composição química bromatológica do Megathyrsus maximus cv. BRS Zuri inoculado com bactérias promotoras do crescimento

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-12-18

Orientador

Soares Filho, Cecilio Viega
Teixeira Filho, Marcelo Carvalho Minhoto

Coorientador

Pós-graduação

Ciência e Tecnologia Animal - FEIS

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O rebanho bovino no Brasil é criado à pasto, no entanto, 70% das pastagens apresentam algum grau de degradação, sendo um dos principais motivos a ausência de adubação nitrogenada (N). A busca por uma pecuária sustentável leva à utilização de bactérias promotoras do crescimento vegetal com intuito de repor a necessidade de N das plantas. Em casa de vegetação, cultivou-se a forrageira Megathyrsus maximus cv. BRS Zuri com o objetivo de avaliar os efeitos de estirpes selecionadas de Azospirillum brasilense, Pseudomonas fluorescens e Rhizobium tropici na produtividade, acúmulo de nutrientes e composição bromatológica do capim. O experimento consistiu em onze tratamentos: controle (-N) e sem inoculação, controle (+N); três tratamentos com inoculação de A. brasilense Ab-V5 + Ab-V6, P. fluorescens e coinoculação entre R. tropici + Ab-V6; três tratamentos combinando inoculação com adubação nitrogenada; e três tratamentos com a reinoculação foliar das plantas após cada corte. Avaliou-se a massa seca (MS), perfilhamento, índice de clorofila, altura, nutrição e composição bromatológica, ao longo de três cortes, além da MS de raízes. O delineamento foi de blocos casualizados com cinco repetições, em esquema de parcelas subdivididas, considerando os tratamentos como parcela e os cortes como subparcela. A inoculação com as bactérias associada à adubação N, aumentaram o acúmulo de N, NH4+, Ca, Zn, Mn e Fe da parte aérea do capim Zuri em relação ao tratamento controle (+N). A inoculação com P. fluorescens e a coinoculação com R. tropici + Ab-V6 aumentou o índice de clorofila foliar em relação ao tratamento testemunha. A adubação N influenciou o teor de PB, mas não influenciou os teores de FDN, FDA e DIVMS. A inoculação não substitui a adubação N, porém quando associada ao uso de N incrementou na nutrição e produtividade do capim Zuri. A reinoculação foliar não apresentou respostas após os cortes para a produção de MS, perfilhamento, nutrição e qualidade bromatológica do capim Zuri.

Resumo (inglês)

However 70% of the pastures present some degree of degradation, one of the main reasons being the absence of nitrogen (N) fertilization. The search for sustainable livestock farming leads to the use of plant growth promoting bacteria in order to restore the N requirement of the plants. In a greenhouse, the forage Megathyrsus maximus cv. BRS Zuri in order to evaluate the effects of selected strains of Azospirillum brasilense, Pseudomonas fluorescens and Rhizobium tropici on productivity, nutrient uptake and bromatological composition of the grass. The experiment consisted of eleven treatments: control (-N) and without inoculation, control (+N); three treatments with inoculation of A. brasilense Ab-V5 + Ab-V6, P. fluorescens and coinoculation between R. tropici + Ab-V6; three treatments combining inoculation with N fertilization; and three treatments with the foliar reinoculation of the plants after each cut. The dry mass (DM), tillering, chlorophyll index, height, nutrition and bromatological composition were evaluated along three cuts, in addition to the root DM. The experimental design was a randomized complete block design with five replications, in a subdivided plot scheme, considering treatments as plot and cuts as subplot. The inoculation with the bacteria associated with N fertilization increased the accumulation of N, NH4+, Ca, Zn, Mn and Fe of the Zuri guinea grass over the control (+N) treatment. Inoculation with P. fluorescens and co-inoculation with R. tropici + Ab-V6 increased leaf chlorophyll content in relation to the control treatment. N fertilization influenced the CP content, but did not influence NDF, ADF and DIVMS levels. Inoculation does not replace N fertilization, but when associated to N use, it promoted increases in nutrition and productivity of Zuri grass. Shoots reinoculation did not present responses after the cuttings for DM production, tillering, nutrition and bromatological quality of the Zuri guinea grass.

Descrição

Idioma

Português

Como citar