Influência ao consumo crônico de álcool no fêmur de ratos machos e fêmeas

dc.contributor.authorRocha, Rosilene Fernandes da [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2015-01-26T13:21:32Z
dc.date.available2015-01-26T13:21:32Z
dc.date.issued2005-12-20
dc.description.abstractConsidering that alcohol has been identified, in the literature, as an evident risk factor for osteoporosis development, inducing loss of bone mass, the aim of this study was to evaluate the effect of the alcohol on the femur of male and female rats. For this purpose, 35 male and 35 female rats, divided into seven groups of five animals per genera were included. The groups were: control group that received food and water as much as they wished; alcohol group in the concentrations of 10, 20 and 30% and the isocalorie: groups corresponding to the concentration of alcohol. After 8 weeks, the animals were sacrificed and evaluated regarding to the body weight and nutritional conditions. Unilateral femurs were removed and analyzed in relation to the length, width, and thickness of the bone cortical, trabeculae percentage and optical density. Data obtained were analyzed by ANOVA (Tukey; p<0.05). Regarding to the weight, loss of weight was observed in the animals of the group alcohol 20% among females and 30% among the males. In relation to the nutritional conditions, the females with the dosages of 10, 20 and 30% of alcohol swallowed a mean of 25, 39 and 53% of Kcall and the males 22, 36 and 45 Kcal Jday coming from the alcohol. Alcohol reduced the length of the femur only in the group MG6. Mesio-distal width was higher in the group FG6 although the antero-posterior width was not modified. The cortical thickness among males and females was not altered however the percentage of trabeculae bone was reduced among females alcohol 30% and among males with the three alcoholic concentrations. Optical density was reduced in the concentration of 30% among the males and females. Under the experimental conditions, it could be concluded that the effect of alcohol was more evident among the males and in the trabeculae bone, and that the alcoholic concentration of 30% was the most harmful for the bone tissue, ....en
dc.description.abstractConsiderando que o álcool tem sido identificado, na literatura, como um fator de risco evidente para desenvolvimento de osteoporose, induzindo a perda de massa óssea, propusemos-nos neste trabalho a avaliar o efeito do álcool no Fêmur de ratos machos e fêmeas. Para tanto, foram utilizados 35 ratos machos e 35 fêmeas divididos em sete grupos de cinco animais por gênero. Os grupos foram: grupo controle, que receberam água e ração à vontade ; grupo álcool nas concentrações de 10, 20 e 30% e o grupo isocalórico correspondente às concentrações de álcool. Após 8 semanas os animais foram sacrificados e avaliados quanto ao peso corpóreo e condição nutricional. Os fêmures unilaterais removidos e analisados, quanto ao comprimento, largura, espessura da cortical, porcentagem de trabéculas e densidade óptica. Os dados obtidos foram analisados pela ANOVA (Tukey;p<0,05). Quanto ao peso, houve perda de peso dos animais dos grupos álcool 20% nas fêmeas e nos machos 30%. Quanto à condição nutricional as fêmeas com as doses de 10,20 e 30% de álcool ingeriram em média 25, 39 e 53% de Kcal/dia e os machos 22, 36 e 45 Kcal/dia provinientes do álcool. O álcool diminuiu o comprimento do fêmur somente no grupo MG6. A largura mésio-distal foi maior no grupo FG6, no entanto a largura ântero-posterior não se modificou. A espessura da cortical tanto nos machos como nas fêmeas não foi alterado; no entanto a porcentagem do osso trabeculado diminui tanto nas fêmeas álcool 30% como nas três concentrações alcoólicas nos machos. A densidade optica apresentou-se reduzida nas concentrações de 30 % tanto nos machos como nas fêmeas. Dentre as condições experimentais concluiu- se que o efeito do álcool foi evidente nos machos e no osso trabecular, e que a concentração alcoólica de 30 % foi a mais deletéria para o tecido óseeo ósseo provalvelmente, levando a diminuição da massa óssea e à osteopeniapt
dc.format.extent111 f. : il. anexo
dc.identifier.aleph000641227
dc.identifier.citationROCHA, Rosilene Fernandes da. Influência ao consumo crônico de álcool no fêmur de ratos machos e fêmeas. 2005. 111 f. Tese (livre-docência em farmacologia) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de São José dos Campos, 2005.
dc.identifier.file000641227.pdf
dc.identifier.lattes0190365234516027
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/114094
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectOsteoporosept
dc.subjectÁlcoolpt
dc.subjectFemurpt
dc.subjectPatologiapt
dc.subjectOsteoblastspt
dc.titleInfluência ao consumo crônico de álcool no fêmur de ratos machos e fêmeaspt
dc.typeTese de livre-docência
unesp.author.lattes0190365234516027
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Ciência e Tecnologia, São José dos Campospt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
000641227.pdf
Tamanho:
2.67 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format