Efeitos da terapia fotodinâmica sobre a patogenicidade de Candida albicans e C dubliniensis na candidose bucal em ratos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2009-06-09

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da terapia fotodinâmica sobre a patogenicidade de C. albicans e C. dubliniensis na candidose bucal em ratos. Foram utilizados 96 ratos (Rattus norvegicus, Albinus, Wistar), sendo que 80 animais foram submetidos à indução de candidose experimental no dorso da língua por C. albicans ou C. dubliniensis e 16 ratos não foram infectados por Candida. Após 5 dias da indução da candidose, foram realizados diferentes tratamentos: laser e azul de metileno como fotossensibilizador (Grupo L+F+), apenas laser (Grupo L+F-), apenas fotossensibilizador (Grupo L-F+) e grupo sem laser e fotossensibilizador (Grupo L-F-). Após 1 dia, amostras do dorso da língua foram coletadas e semeadas em ágar Sabouraud para contagem de UFC/mL recuperadas da cavidade bucal. Os animais foram submetidos à eutanásia para análise microscópica do dorso da língua. Foi avaliada também a capacidade de produção de fosfolipase e proteinase por C. albicans e C. dubliniensis. Os resultados demonstraram que a quantidade de C. albicans recuperadas da cavidade bucal dos ratos foram semelhantes entre os quatro grupos estudados. C. dubliniensis não foi recuperarada da cavidade bucal dos ratos estudados. Na análise microscópica do dorso da língua, observou-se a presença de várias lesões teciduais induzidas por C. albicans, sendo que no grupo L+F+ essas lesões foram menores em relação aos demais grupos estudados. C. dubliniensis exibiu lesões teciduais discretas sem diferença estatística entre os grupos. Em relação aos fatores de patogenicidade de C. albicans, o grupo L+F+ produziu menor quantidade de fosfolipase e proteinase em relação aos demais grupos. C. dubliniensis produziu menor quantidade de fosfolipase em relação à C. albicans, sem diferença entre os 4 grupos estudados. Entretanto, C. dubliniensis não foi capaz de produzir proteinase...
The objective was to evaluate the effects of photodynamic therapy on the pathogenicity of C. albicans and C. dubliniensis in oral rats candidosis. Were evaluated 96 rats, while 80 were subjected to candidosis experimental induction on the tongue dorsum by C. albicans or C. dubliniensis and 16 rats were not infected. After 5 days of induction candidosis, different treatments were performed: laser and methylene blue as photosensitizers (Group L+F+), laser only (Group L+F-), only photosensitizers (Group L-F+) and without laser neither photosensitizers group (Group L-F). After 1 day, samples of the tongue dorsum were collected and sown on Sabouraud agar for counts of UFC/mL recovered from the oral cavity. The animals were submitted to euthanasia for microscopic analysis. It also evaluated the production capacity of a proteinase and phospholipase C. albicans and C. dubliniensis. The results showed that the amount of C. albicans recovered from rats oral cavity were similar among the four groups. To recover C. dubliniensis of the oral cavity from studied rats was not possible. In microscopic examination of tongue dorsum, was seen the presence of multiple tissue lesions induced by C. albicans, whereas in group L+ F+ these lesions were smaller than in other groups. C. dubliniensis showed slight tissue lesions with no statistic difference between groups. Regarding the factors of pathogenicity of C. albicans, the group L+F+ produced smaller amounts of phospholipase and proteinase compared to other groups. C. dubliniensis produced fewer quantitiy of phospholipase related to C. albicans, without difference between the 4 (four) groups studied. However, C. dubliniensis was not able to produce proteinase. It was concluded that the development of experimental candidosis by C. dubliniensis was less than that induced by C. albicans. Photodynamic therapy was effective on treatment... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Fotoquimioterapia, Candida albicans, Patogenecidade, Photodynamic therapy, Candida albicans, Virulence factors

Como citar

MARTINS, Joyce da Silva. Efeitos da terapia fotodinâmica sobre a patogenicidade de Candida albicans e C dubliniensis na candidose bucal em ratos. 2009. 94 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de São Jose dos Campos, 2009.