Envelhecimento populacional: desafios de uma nova conjuntura para o município de Assis-SP

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2005-09-19

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Nas últimas décadas, o Brasil vem experimentando profundas transformações em seu padrão demográfico. Dentre estas alterações, destaca-se o aumento da participação dos idosos no total da população. Este fenômeno, conhecido como envelhecimento populacional, decorre principalmente da queda das taxas de fecundidade e mortalidade e, do aumento da longevidade. Diferentemente dos países industrializados, o envelhecimento populacional brasileiro surpreende por sua rapidez e, pela multiplicidade de questões que suscita. As particularidades do segmento idoso (declínio das funções sociais, econômicas, psico-biológicas), combinadas aos problemas socioeconômicos brasileiros (má distribuição de renda, desemprego, previdência social e sistema de saúde deficitários), representam desafios a serem enfrentados pelo poder público, sociedade, família e pelo próprio indivíduo. Dentre estes desafios, aqueles relacionados à micro-escala adquirem importância. Em primeiro lugar, porque o envelhecimento populacional brasileiro é espacialmente diferenciado, alguns espaços encontram-se em estágio mais avançado. Em segundo, porque os idosos vivem, convivem e demandam, predominantemente, em escala local. Esta pesquisa contemplou empiricamente o estudo do processo em um espaço local. Como o município paulista de Assis, tem registrado um envelhecimento populacional mais acentuado que o verificado no Estado de São Paulo e no Brasil, converte-se em um interessante objeto de estudo da problemática.
In the last decades, Brazil has been experiencing deep changes in its demographic pattern. Among these changes the increase of the proportion of elderly people in the population stands out. This phenomenon, known as aging population, occurs mainly due to the decline of fertility and mortality rates and the rise of life expectancy. Unlike the industrialized countries, the Brazilian aging population, surprises because of its speed and because of the multiple questions that involves it. The specific characteristics of elderly people (decline of social, economic and psycho-biological functions) combined with the Brazilian socio-economic problem (bad income distribution, unemployment, inefficient social and health care), represent challenges to be faced by the public sector, society, family and by the people themselves. Between these challenges, those related to the micro-scale, or local scale, acquire importance. First because the Brazilian aging population is spatially different, some spaces present higher levels of the process. Second, because elderly people live, relate and demand, largely, in micro-scale. Therefore, the empirical purpose of this study was to investigate the aging population of a local space. Assis city, where the process reaches higher levels than in the State of São Paulo and Brazil, becomes an interesting object of study of the problem involving the local govern, society and elderly people.

Descrição

Palavras-chave

Velhice, Idosos, População idosa, Envelhecimento populacional, Aging population, Elderly people

Como citar

MENDES, Bruno de Camargo. Envelhecimento populacional: desafios de uma nova conjuntura para o município de Assis-SP. 2005. viii, 198 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2005.