Avaliação da remoção da smear layer das paredes do canal radicular após instrumentação oscilatória ou rotatória e emprego de diferentes pontas de irrigação

dc.contributor.advisorGomes, Ana Paula Martins [UNESP]
dc.contributor.authorFerreira, Nadia de Souza [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:24:37Z
dc.date.available2014-06-11T19:24:37Z
dc.date.issued2011-06-08
dc.description.abstractO objetivo deste estudo foi avaliar a remoção da camada residual (smear layer) das paredes do canal radicular após instrumentação oscilatória ou rotatória e utilização de diferentes pontas de irrigação. Foram utilizados 60 dentes unirradiculares humanos que tiveram seus canais instrumentados por técnica oscilatória ou rotatória, variando a ponta de irrigação com hipoclorito de sódio a 2,5% (n=10): G1- instrumentação oscilatória + irrigação com pontas NaviTip; G2 – instrumentação oscilatória + irrigação com pontas NaviTip FX; G3 – instrumentação oscilatória + irrigação com pontas Endo-Eze Irrigator; G4 – instrumentação rotatória + irrigação com pontas NaviTip; G5 – instrumentação rotatória + irrigação com pontas NaviTip FX; G6 – instrumentação rotatória + irrigação com pontas Endo-Eze Irrigator. Finalizada a instrumentação, os dentes foram clivados e preparados para análise em MEV, com aumento de 500x e 2000x, avaliando a limpeza dos canais radiculares nos terços cervical, médio e apical. A área analisada foi quantificada pelo número total de túbulos dentinários presentes e pela porcentagem de túbulos abertos na região avaliada. Os dados relativos à porcentagem de túbulos abertos foram submetidos à análise estatística utilizando ANOVA e Teste de Tukey 5%. Os resultados mostraram menor quantidade de túbulos dentinários abertos no grupo G5 com diferenças estatisticamente significantes. Em todos os grupos a limpeza obtida nos terços cervical e médio foi superior à conseguida no terço apical, entretanto apenas no grupo G1 e G5 o terço apical diferiu estatisticamente dos outros terços. Pôde-se concluir que a limpeza obtida no terço apical foi inferior em todos os grupos e nenhuma técnica de instrumentação ou ponta de irrigação foi capaz de promover a remoção total da smear layer das paredes do canal radicularpt
dc.description.abstractThe aim of this study was to evaluate the removal of smear layer of the root canal dentin walls after oscillatory or rotary instrumentation and use of different irrigation tips. A total of 60 single-rooted human teeth had their canals instrumented with rotary or oscillatory technique, varying the irrigation tip with sodium hypochlorite 2.5% (n=10): G1 - oscillatory instrumentation + irrigation with NaviTip; G2 - oscillatory instrumentation + irrigation with NaviTip FX; G3 - oscillatory instrumentation + irrigation with Endo-Eze Irrigator; G4 - rotary instrumentation + irrigation with NaviTip; G5 - rotary instrumentation + irrigation with NaviTip FX; G6 - rotary instrumentation + irrigation with Endo-Eze Irrigator. The teeth were sectioned and prepared for SEM analysis with 500x and 2000x magnification, for evaluation of cleaning at the cervical, medium and apical thirds of root canal. The analyzed area was quantified according the total number of tubules present and the percentage of open tubules in the region evaluated. The values were subjected to statistical analysis by ANOVA and Tukey tests, at a significance level of 5%. The results showed fewer open tubules in G5 with significant differences. In all groups the cleaning obtained in the cervical and middle thirds was higher than that achieved in the apical third, although only in G1 and G5 apical third differed significantly from the other thirds. It is concluded that cleaning process in the apical third was less in all groups and no instrumentation or tip was able to promote canals completely cleanen
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent112 f. : il., gráfs., tabs.
dc.identifier.aleph000651013
dc.identifier.capes33004145070P8
dc.identifier.citationFERREIRA, Nadia de Souza. Avaliação da remoção da smear layer das paredes do canal radicular após instrumentação oscilatória ou rotatória e emprego de diferentes pontas de irrigação. 2011. 112 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de São José dos Campos, 2011.
dc.identifier.fileferreira_ns_me_sjc.pdf
dc.identifier.lattes7206702993719044
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/90381
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectCanal radicular - Irrigantespt
dc.subjectMicroscopia eletronica de varredurapt
dc.subjectHipoclorito de sódiopt
dc.subjectClorexidinapt
dc.subjectInstrumentaçãopt
dc.subjectRoot canal irrigantsen
dc.subjectInstrumentationen
dc.subjectScanning electron microscopyen
dc.subjectSodium Hypochloriteen
dc.subjectChlorhexidineen
dc.titleAvaliação da remoção da smear layer das paredes do canal radicular após instrumentação oscilatória ou rotatória e emprego de diferentes pontas de irrigaçãopt
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.advisor.lattes7206702993719044[1]
unesp.advisor.orcid0000-0001-9984-290X[1]
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Ciência e Tecnologia, São José dos Campospt
unesp.graduateProgramOdontologia Restauradora - ICTpt
unesp.knowledgeAreaEndodontiapt
unesp.researchAreaAvaliação clínica e laboratorial de materiais e técnicas endodônticaspt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
ferreira_ns_me_sjc.pdf
Tamanho:
5.97 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format