Dinâmica sócio-demográfica e qualidade de vida em São José do Rio Preto-SP (1980-2008): implicações e explicações

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-02-08

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A questão central desta pesquisa envolve a análise da dinâmica sócio-demográfica e da qualidade de vida em São José do Rio Preto (SP), entre 1980 e 2008. A pesquisa teve como eixo de reflexão a relação entre as transformações econômicas e sociais, suas implicações na organização do espaço urbano e nos níveis de qualidade de vida, tanto em uma leitura regional quanto, especificamente, para a população riopretense. A tese encontra-se estruturada em três capítulos, além da introdução e considerações finais. O capítulo primeiro (com cinco sub-capítulos) inicia-se com a consideração de que o desenvolvimento econômico e social relaciona-se com as transformações espaciais. Buscou-se, ainda, avaliar uma nova dimensão resultante desta relação: a qualidade de vida. Os últimos sub-capítulos foram dedicados à discussão dos múltiplos conceitos de qualidade de vida, de acordo com o inventário bibliográfico da literatura não geográfica, com a identificação da forma pela qual esse conceito passou a ser construído dentro da literatura geográfica e, ainda, a análise sobre como a temática explicitou-se em estudos elaborados por Geógrafos. O segundo capítulo (com quatro sub-capítulos) teve como objetivo principal avaliar os processos que possibilitaram a criação do primeiro município da região estudada, que foi o de São José do Rio Preto. A partir desta avaliação, buscou-se evidenciar aspectos relevantes que se fizeram presentes nas mudanças e na conformação do espaço regional, ou seja, frutos da interação entre o homem e esse espaço e que implicaram em diferentes níveis de sua qualidade de vida. O terceiro capítulo, com cinco sub-capítulos, apresenta os aspectos que caracterizaram a construção do território e do espaço urbano riopretense. Principalmente aqueles que se relacionaram com a dinâmica demográfica e a qualidade de vida
This research focuses on the analysis of the social and demographic dynamics and the quality of life in São José do Rio Preto (SP) from 1980 to 2008. The research concerns about the relation between the economic and social changes, its implications to the organization of the urban space and to the levels of the population‟s quality of life. The thesis is developed in three chapters besides the introduction and the final remarks. The first chapter has five parts and it starts with the consideration that the economic and social development is related to the space changes. The quality of life which is a new dimension resulting of this relation was evaluated. The last parts were devoted to the discussion about the multiple concepts of the quality of life according to the bibliographic inventory of the non-geographical literature, as well as identifying the ways in which this concept has to be built within the geographical literature, and furthermore, the analysis of how the topic is explained in essays by geographers. The second chapter has four parts and its main goal is to evaluate the processes that allowed the formation of the first municipality in the region that was studied, which was São José do Rio Preto. From this assessment, relevant aspects that were present in the changes as well as in the conformation of the regional space were shown in order to prove the results of the interaction between the man and this space and such aspects implicated in different levels of quality of life. The third chapter has five parts and it shows the aspects that characterized the construction of the territory and the urban space in Rio Preto, mainly those aspects which are related to the demographic dynamics and the quality of life

Descrição

Palavras-chave

Geografia urbana, Dinâmica intraurbana, Social and demographic dynamics, Intraurban dynamics

Como citar

REIS FILHO, Ademar Pereira dos. Dinâmica sócio-demográfica e qualidade de vida em São José do Rio Preto-SP (1980-2008): implicações e explicações. 2011. 334 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2011.