Biodiversidade e morfologia do primeiro estágio larval (zoea I) dos camarões Caridea capturados pela pesca de arrasto na região sul paulista

Imagem de Miniatura

Data

2017-02-15

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O objetivo do presente estudo foi investigar a biodiversidade e descrever o primeiro estágio larval (zoea I) dos camarões Caridea de substrato não consolidado que são capturados pela pesca de arrasto na região de Cananeia, São Paulo, Brasil. Foram realizadas coletas mensais durante um período de 2 anos (julho de 2012 a junho de 2014) em duas áreas (uma marinha costeira e outra que recebe influência estuarina) com um barco camaroeiro equipado com rede de arrasto de portas (4 metros de abertura), totalizando três horas de esforço amostral mensalmente. Para as espécies as quais não foram amostradas fêmeas com embriões, utilizou-se larvas de matrizes provenientes de amostragens simultâneas, realizadas em outras localidades. O total de 3066 camarões capturados incluiu oito espécies, sete gêneros, e quatro famílias: Hippolytidae (Exhippolysmata oplophoroides), Ogyrididae (Ogyrides alphaerostris), Alpheidae (Alpheus intrinsecus e A. carlae) e Palaemonidae (Leander paulensis, Periclimenes paivai, Nematopalaemon schmitti e Neopontonides brucei). Neopontonides brucei foi coletado pela primeira vez no litoral sul do estado, o que ampliou sua distribuição geográfica conhecida. Foi possível descrever de forma inédita a morfologia da zoea I de 4 espécies (Periclimenes paivai, Leander paulensis, Nematopalaemon schmitti e Alpheus intrinsecus) e redescrever a de Ogyrides alphaerostris. Os resultados provenientes das descrições permitiram diferenciar as espécies capturadas utilizando a morfologia externa do primeiro estágio larval. As informações sobre a biodiversidade e morfologia larval geradas auxiliarão no desenvolvimento de futuros projetos abordando aspectos ainda pouco estudados no grupo taxonômico em questão, como a ecologia larval com ênfase em processos de migração, dispersão e recrutamento, considerados processos chave da história de vida inicial desses organismos. Esse tipo de informação pode contribuir com o desenvolvimento de futuros planos de manejo, auxiliando a conservação da carcinofauna da região.
The aim of the present study was to investigate the biodiversity and to describe the first larval stage (zoea I) of caridean shrimps from soft bottom that are captured by trawling in the Cananeia region, São Paulo, Brazil. Collections were made monthly in a period of 2 years (July 2012 to June 2014), in two areas (one marine and one with estuarine influence) with a shrimp fishing boat equipped with an otter trawl net (4 meters opening). The monthly sampling effort was three hours. For species which females with embryos were not sampled, it were used larvae of matrices from simultaneous samplings at other locations. The total of 3,066 captured shrimps included eight species, seven genera, and four families: Hippolytidae (Exhippolysmata oplophoroides), Ogyrididae (Ogyrides alphaerostris), Alpheidae (Alpheus intrinsecus and A. carlae) and Palaemonidae (Leander paulensis, Periclimenes paivai, Nematopalaemon schmitti and Neopontonides brucei). Neopontonides brucei was collected for the first time on the southern coast of São Paulo state, what expanded its known geographical distribution. It was possible to describe the morphology of the zoea I of 4 species for the first time (Periclimenes paivai, Leander paulensis, Nematopalaemon schmitti and Alpheus intrinsecus) and to redescribe Ogyrides alphaerostris. The results from the descriptions allowed differentiating the captured species using the external morphology of the first larval stage. The generated information on the biodiversity and larval morphology will help the development of future projects focusing on some aspects not yet studied for the targeted taxonomic group, such as larval ecology with emphasis on migration, dispersion and recruitment, considered key processes in the initial life history of these organisms. This type of information can contribute to the development of future management plans, helping the conservation of the crustacean fauna of the region.

Descrição

Palavras-chave

Decapoda, Desenvolvimento larval, Chave de identificação, Cananeia

Como citar