Avaliação de citocinas pró e anti-inflamatórias e de fatores pró e anti-angiogênicos em placenta de gestantes com pré-eclâmpsia

Imagem de Miniatura

Data

2009-03-02

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A pré-eclâmpsia é uma síndrome específica da gestação humana, caracterizada por hipertensão arterial e proteinúria após a 20ª. semana de gestação. É aceito que esta patologia tem origem na placenta. O fator de crescimento placentário (PlGF) tem importante papel no desenvolvimento vascular durante a invasão trofoblástica e, citocinas de perfil Th2 podem estar envolvidas na manutenção da gestação durante a interação materno-fetal.O presente trabalho avaliou a concentração de citocinas e de fatores pró e anti-angiogênicos em homogenato de placenta, obtido de gestantes normais e com pré-eclâmpsia, correlacionando esses parâmetros com a gravidade da doença e com a idade gestacional.Foram estudadas 70 gestantes, sendo 30 normotensas e 40 portadoras de pré-eclâmpsia. As gestantes com pré-eclâmpsia foram classificadas de acordo com o aparecimento das manifestações clínicas em pré-eclâmpsia precoce (< 34 semanas de gestação, n=13) e pré-eclâmpsia tardia (≥ 34 semanas de gestação, n=27). Um fragmento de placenta foi obtido imediatamente após o parto, homogeneizado em solução salina tamponada com fosfatos e submetido à centrifugação. O sobrenadante obtido foi empregado para determinação de fator de necrose tumoral-alfa (TNF-a), fator estimulador de colônias de granulócitos e macrófagos (GM-CSF), interleucina-10 (IL-10), fator de crescimento e transformação beta (TGF-b1), fator de crescimento placentário (PlGF) e Endostatina por ensaio imunoenzimático (ELISA). Outro fragmento placentário foi obtido para análise histopatológica. As diferenças entre os grupos de gestantes normais e com préeclâmpsia foram avaliadas por teste t de Student, com nível de significância de 5%.Os níveis de TNF-a, Endostatina e GM-CSF detectados na placenta de gestantes com pré-eclâmpsia foram significativamente maiores em relação às gestantes...
Preeclampsia is a human pregnancy-specific syndrome characterized by the onset of hypertension and proteinuria after the 20th gestational week. It is widely accepted that this disorder is placental in origin. Placental growth factor (PlGF) plays an important role in the vascular development during trophoblast invasion and cytokines with Th2 profile may be involved in gestation maintenance and promoting a balance in maternal– fetal interaction. This study investigated the concentration of cytokines, angiogenic and anti-angiogenic factors in placental homogenate obtained from normotensive and preeclamptic pregnant women, and correlated these parameters with disease severity and gestational age.The subjects were 70 pregnant women of whom 30 were normotensive pregnant, and 40 were pregnant women with preeclampsia. The preeclamptic pregnant women were classified according to the onset of clinical manifestations in early-onset (< 34 weeks of gestation, n=13) and late-onset (≥ 34 weeks of gestation, n=27) preeclampsia. A tissue fragment of the placenta was obtained immediately after delivery, homogenized with phosphate-buffered saline solution and centrifuged. Separated supernatant was employed for determination of tumor necrosis factor alpha (TNF-a), granulocyte-macrophage colony-stimulating factor (GM-CSF) Interleukin-10 (IL-10), transforming growth factor beta (TGF-b1), placental growth factor (PlGF), and Endostatin, by enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA). Another placental tissue segment was prepared for histopathological analysis. Differences between groups were evaluated by Student t unpaired test with significance set at p < 0.05.The levels of TNF-a, Endostatin and GM-CSF detected in placenta of preeclamptic women were significantly increased when compared with the normotensive pregnant women. On the other hand, the concentration of IL-10, TGF-b1 and PlGF have shown... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Placenta, Pre-eclampsia, Teste imunoenzimático, Pre-eclampsia

Como citar

LOURENÇO, Naila Cristina Vilaça. Avaliação de citocinas pró e anti-inflamatórias e de fatores pró e anti-angiogênicos em placenta de gestantes com pré-eclâmpsia. 2009. 50 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Botucatu, 2009.