Avaliação da influência do caráter lignotúber sobre características silviculturais em testes de progênies de Eucalyptus spp

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2015-02-27

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Brazil stands out in the forest sector by the development and production of species with economic interests. In partnership with forestry companies, the University of Sao Paulo State (UNESP- Botucatu) has been developing studies to identifying traits related to abiotic stress in Eucalyptus. The presence of lignotuber is a character that gives to these species tolerance to different levels of stress. Our aim was to understand the relationship of lignotuber with stress and silvicultural characteristics by estimating the genetic parameters and phenotypic correlations. Experiments were conducted with two eucalyptus species and their hybrids in two contrasting environments as the edaphoclimatic aspects. We evaluated two characters of growth: height (ALT), circumference at breast height (CAP) and presence of lignotuber. The estimation of the genetic parameters did not detect heterosis and epistasis in these materials. Joint analysis of the experiments indicated significance for the treatments, as for the presence of lignotubercle. Thus, the phenotypic correlation was significant, indicating that in the presence of biotic/abiotic stress, exist association between silvicultural traits and the presence of lignotuber. Plants with this structure showed less vegetative growth. These results show that the lignotuber is an important structure in plants and an important factor to be considered in choosing genotypes for regions where stress is high
O Brasil destaca-se dentro do setor florestal quanto ao desenvolvimento e produção de espécies de interesse econômico. Em parceria com empresas do ramo florestal, a Universidade Estadual Paulista (UNESP - Campus de Botucatu) vem desenvolvendo projetos de identificação de características relacionadas ao estresse abiótico em eucalipto. A presença de lignotúber é um caráter que confere a essas espécies maior tolerância a níveis de estresse. Os objetivos deste estudo foram: compreender a relação do lignotúber com o estresse e as características silviculturais por meio das estimativas de correlações fenotípicas e parâmetros genéticos. Os experimentos foram conduzidos com duas espécies de eucaliptos e seus híbridos, em dois ambientes contrastantes quanto aos aspectos edafoclimáticos. Avaliaram-se dois caracteres de crescimento: altura (ALT) e circunferência à altura do peito (CAP) e a presença de lignotúber. De posse dos parâmetros genéticos estimados, não foi detectada manifestação de heterose e epistasia nos materiais em questão. As análises conjuntas dos experimentos indicaram significância para os tratamentos, quanto a presença de lignotubérculo. Deste modo, a correlação fenotípica foi significativa, indicando que na presença de estresse biótico/abiótico existe a associação entre as características silviculturais e a presença de lignotúber. As plantas que apresentaram esta estrutura possuem menor crescimento vegetativo. Estes resultados evidenciam que o lignotúber é uma estrutura de grande importância nas plantas e fator determinante na escolha de genótipos para regiões onde o estresse é alto

Descrição

Palavras-chave

Eucalipto - Crescimento, Melhoramento genetico, Tuberculo (Botanica), Sistemas silviculturais, Crescimento (Plantas), Tubers, Breeding

Como citar

ARNEIRO, Lidia Carolina Meira. Avaliação da influência do caráter lignotúber sobre características silviculturais em testes de progênies de Eucalyptus spp. 2015. 76 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências de Botucatu, 2015.