Influência de um sistema agroflorestal em consórcio com café na determinação da disponibilidade de fósforo no solo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-03-11

Autores

Vilela, Gabriela

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A degradação do solo é um assunto ainda muito recorrente e que deve continuar sendo muito estudado nos dias de hoje, já que a demanda por recursos provenientes do mesmo vem crescendo cada vez mais. Muitos fatores contribuem para a aceleração dessa degradação, dentre os quais podemos citar, o uso excessivo do solo. Dessa forma, o empobrecimento e infertilidade dos solos devido à perda de nutrientes essenciais estão cada vez mais presentes. Dentre os elementos indispensáveis à vida das plantas, encontra-se o fósforo (P), sendo este, um nutriente obtido a partir de recursos não renováveis e finitos, o que acarreta vários danos ao ambiente. Como alternativa para driblar a problemática da escassez nutricional dos solos, cresce a implantação dos Sistemas Agroflorestais (SAFs), promovendo o consórcio de cultivos agrícolas com espécies florestais, como no caso da arborização na produção cafeeira. As espécies florestais são uma alternativa para o suprimento de nutrientes disponíveis no solo, podendo transformar terras a princípio impróprias para cafeicultura, em favoráveis para a produção. A utilização de espécies arbóreas em consórcio com a agricultura, melhoram a estrutura do solo e permitem uma melhor infiltração de água, atuando na ciclagem de nutrientes, com o aumento da quantidade de raízes e estabilidade da matéria orgânica, sendo assim contribuem, entre outros fatores com a redução da erosão, a perda de água e o aumento de nutrientes no solo. O objetivo do trabalho foi obter, através da análise química do solo, o teor de fósforo, pelo método Mehlich-1, em um sistema agroflorestal composto por espécies florestais consorciado com café, com o intuito de avaliar sua distribuição ao longo do perfil do solo e em períodos de seca e chuva, para obter respostas no que diz respeito a recomendação de adubação, bem como a eficiência das espécies avaliadas em relação à nutrição do solo cafeeiro. A disponibilidade de fósforo apresentou um padrão para todos os tratamentos ao longo do perfil do solo, mostradno teores mais elevados do nutriente nas camadas mais superficiais, tendo uma redução gradativa em profundidade. A espécie que apresentou resultados mais expressivos em relação à sazonalidade, principalmente na camada mais profunda, com uma maior concentração no período chuvoso, foi o pau viola. As espécies cabreúva, ingá e pau viola tiveram um aumento considerável na concentração de P no solo quando comparados com a mamona e o tratamento sem influência de componente arbóreo, corroborando a importância da presença e diversidade dos sistemas radiculares.
Soil degradation is still a very recurrent subject and one that should continue to be studied a lot today, since the demand for resources from it has been growing more and more. Many factors contribute to the acceleration of this degradation, among which we can mention the excessive use of the soil. Thus, the impoverishment and infertility of soils due to the loss of essential nutrients are increasingly present. Phosphorus (P) is one of the essential elements for plant life, which is a nutrient obtained from non-renewable and finite resources, which causes several damages to the environment. As an alternative to circumvent the problem of nutritional scarcity of soils, the implementation of Agroforestry Systems (SAFs) grows, promoting the consortium of agricultural crops with forest species, as in the case of afforestation in coffee production. Forest species are an alternative for the supply of nutrients available in the soil, which can transform lands that are initially unsuitable for coffee growing into favorable ones for production. The use of tree species in consortium with agriculture improves soil structure and allows for better water infiltration, acting on nutrient cycling, increasing the amount of roots and stability of organic matter, thus contributing, among other factors with the reduction of erosion, the loss of water and the increase of nutrients in the soil. The objective of this work was to obtain, through soil chemical analysis, the phosphorus content, by the Mehlich-1 method, in an agroforestry system composed of forest species intercropped with coffee, in order to evaluate its distribution along the soil profile. and in periods of drought and rain, to obtain answers regarding the fertilization recommendation, as well as the efficiency of the evaluated species in relation to the nutrition of the coffee soil. Phosphorus availability showed a pattern for all treatments along the soil profile, showing higher levels of the nutrient in the more superficial layers, with a gradual reduction in depth. The species that presented the most expressive results in relation to seasonality, mainly in the deepest layer, with a greater concentration in the rainy season, was the pau viola. The species cabreúva, ingá and pau viola had a considerable increase in the concentration of P in the soil when compared to castor oil and the treatment without the influence of arboreal component, corroborating the importance of the presence and diversity of root systems.

Descrição

Palavras-chave

Fósforo, Café, Solos Teor de fosforo, Solos florestais, Phosphorus, Coffee

Como citar