Lucratividade do milho em razão das fontes, doses e épocas de aplicação de nitrogênio

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-06-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Viçosa (UFV)

Resumo

O nitrogênio é o nutriente aplicado em maior quantidade na cultura do milho, o mais limitante para o crescimento e desenvolvimento da planta e o que mais onera o custo de produção. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito das fontes, doses e épocas de aplicação de nitrogênio nos custos de produção e na lucratividade da cultura do milho irrigado cultivado em plantio direto no município de Selvíria (MS), nas safras 2007/2008 e 2008/2009. O experimento foi desenvolvido na área experimental pertencente à Faculdade de Engenharia - UNESP, em um Latossolo Vermelho distrófico. Os tratamentos foram constituídos de três fontes de N (entec®, sulfato de amônio e ureia) e cinco doses (0, 50, 100, 150 e 200 kg ha-1), aplicadas em duas épocas (semeadura ou cobertura). Foram estimados o custo operacional total (COT), a receita bruta (RB), o lucro operacional (LO), índice de lucratividade (IL), a produtividade de equilíbrio e o preço de equilíbrio. Concluiu-se que o sulfato de amônio e a ureia foram as fontes de N que possibilitaram resultados econômicos mais satisfatórios. As doses de 50 kg ha-1 de N como sulfato de amônio ou ureia foram os tratamentos que proporcionaram os maiores índices de lucratividade, os quais foram obtidos quando a adubação nitrogenada foi realizada na época de cobertura.
Nitrogen is used in larger quantities than any other mineral nutrient in corn. It is also the most limiting to plant growth and development and the nutrient that most increases the production costs. The objective of this study was to evaluate the economic viability using different sources, rates and application times of nitrogen in the production of irrigated corn in Selvíria-MS, Brazil. The experiment was conducted in an experimental field belonging to UNESP - Ilha Solteira Campus, in an Acrustox. The treatments consisted of three N sources (entec®, ammonium sulfate and urea), five N rates (0, 50, 100, 150 and 200 kg ha-1) and two application times (applied at sowing or topdressing). The total operating cost (TOC), gross revenue (GR), operating profit (OP), profitability index (PI), break-even yield, and break-even price were estimated. The results showed that ammonium sulfate and urea were the N sources that allowed satisfactory economic results. Rates of 50 kg ha-1 of ammonium sulfate or urea provided higher levels of profitability. The highest levels of profitability were obtained when nitrogen application was carried out at topdressing.

Descrição

Palavras-chave

Zea mays L., plantio direto, plantio irrigado, Zea mays L., no-tillage, irrigation

Como citar

Revista Ceres. Universidade Federal de Viçosa (UFV), v. 59, n. 3, p. 321-329, 2012.