Percepção de professores de ciências de uma escola pública estadual sobre a interação universidade-escola

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2006-09-29

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Assumindo o desafio de estabelecer condições que levariam os educadores à percepção da necessidade de vincular o trabalho que desenvolvem na escola com o seu processo de formação contínua, nesta pesquisa, buscamos representações de professores de ciências sobre uma série de projetos desenvolvidos em uma escola, para os quais eles eram permanentemente convidados. Trata-se de uma pesquisa participativa, uma vez que éramos também o professor/mentor dos referidos projetos. Utilizamos um método de entrevista, denominado de reflexivo, caracterizado pela possibilidade de o pesquisador compartilhar com o entrevistado sua compreensão dos dados. Através da Análise de Conteúdo e do ponto de vista do paradigma crítico para a formação de professores, nós pudemos perceber alguns aspectos da situação. Por um lado, os projetos apareceram para os professores como uma valorosa oportunidade para que os estudantes reconstruíssem seu envolvimento com o estudo e sua forma de caminhar em direção a objetivos pessoais de vida. Por outro lado, estes professores não percebiam a necessidade de interlocução com teorias educacionais, implícitas no trabalho da docência, de modo que, durante as entrevistas, o contraste de nossa posição com a deles consistiu no fato de que almejávamos trazer colegas para a reflexão sobre formação docente. Atribuímos essa diferença à qualidade do convite que recorrentemente fizemos a eles, durante o desenvolvimento dos projetos, que se restringiu à participação deles em um trabalho de investigação-ação prática e não de investigação-ação teórica-prática.
Assuming the endeavor of establishing conditions that could lead educators to the perceptions of a necessity of connecting their job in the school with their process of professional development, in this research, we seek out science teachers' representations about a set of projects developed in a school, for what they were permanently invited. In fact, that is a participative research, since we were also the teacher/mentor of the referred projects. We made use of an interview method, called reflexive, characterized by the possibility for the interviewer to share data comprehension with the interviewed. Through the Content Analysis and from critical paradigm point of view for teacher education, we grasped some aspects of the situation. By one hand, the projects appeared to the teachers as a valuable opportunity for the students to reconstruct both their own involvement in the study process and their way of persuading personal objectives of life. On the other hand, these teachers did not realize the necessity of maintaining a interlocution with educational theories, implicit in teaching work, so that, during the interviews, there were a clear contrast between their position and ours, respecting to bringing colleagues to a critical thinking on teacher development. We attributed such a difference to the quality of the invitation we did to them during the projects, that was restricted to participation in a practical investigation-action instead a theoretical-practical investigation-action.

Descrição

Palavras-chave

Ciencia - Estudo e ensino, Professores, Comunidade, Universidade - Escola, Science - Study and teaching, Teachers, Community

Como citar

FIORATO, Paulo Sérgio. Percepção de professores de ciências de uma escola pública estadual sobre a interação universidade-escola. 2006. 139 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências, 2006.