Geoprocessamento aplicado na identificação de padrões espaciais do perfil de nascimento na região do Vale do Paraíba

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-09

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Neste trabalho foi utilizado o geoprocessamento para analisar o perfil de nascimentos por município da Direção Regional de Saúde, DIR 24-Taubaté, no Vale do Paraíba, utilizando-se a base de dados do Sistema de Informações de Saúde sobre Nascidos Vivos de 2004. Foram empregados mapas de padrão e o teste estatístico I de Moran para detecção de “cluster” espacial (agregado de eventos no espaço), através do programa TERRAVIEW 3.1.3 (desenvolvido pelo INPE e de acesso público gratuito). Os resultados mostraram que as proporções de nascidos vivos de mães com escolaridade acima de segundo grau e de cesáreas apresentaram padrão espacial visualmente identificável e autocorrelação espacial significativa. O baixo peso ao nascer, a prematuridade, o índice de Apgar, o número de consultas de pré-natal e o de mães adolescentes apresentaram padrão espacial aleatório, demonstrando que, nesta escala de análise, estes indicadores não discriminaram grupos de risco, apesar do seu inquestionável valor preditivo para morbi-mortalidade infantil em nível individual. Esta metodologia permitiu aprofundar o conhecimento sobre o perfil de nascimentos nos Municípios, apresentando potencial no direcionamento de ações voltadas para áreas específicas.
In this work, geoprocessing was used to analyze the birth profile by municipal district of the Regional Health Direction, DIR 24-Taubaté, in Vale do Paraíba, using 2004 data from Live Births Data Base of the Health Information System. Pattern maps and Moran I statistical test were used to detect spatial clustering using the program TERRAVIEW 3.1.3 (developed by INPE, a free public program). The proportions of live newborn from mothers with greater than a secondary school education and cesareans displayed visually identifiable spatial pattern and significant space selfcorrelation. The low birth weight, the premature birth, the Apgar score between 8-10, the number of prenatal visits and the teenage mothers presented random spatial pattern, demonstrating that, in this analysis, these indicators do not discriminate risk groups, in spite of its unquestionable predictive value for infantile morbimortality in individual level. This methodology allowed deepening the knowledge on the birth profile in the Municipal districts, presenting potential in directing the actions to specific areas.

Descrição

Palavras-chave

Sistemas de informação geografica, Análise espacial (Estatística), Geoprocessamento

Como citar

LIN, Chen Hau. Geoprocessamento aplicado na identificação de padrões espaciais do perfil de nascimento na região do Vale do Paraíba. 2007. 77 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá, 2007.