Desenvolvimento de cimento odontológico a base de fosfato associado com nanopartículas antimicrobianas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-02-15

Autores

Franzin, Nayara Rodrigues Sartóri

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Neste trabalho foram avaliadas as propriedades antimicrobianas e físico-mecânicas de quatro cimentos endodônticos a base de fosfato. Os cimentos são constituído de um pó, contendo um fosfato e um radiopacificador, e uma solução polissacarídica, contendo nanopartículas bactericidas poliméricas ou cerâmicas. Os cimentos experimentais atendem o mínimo valor exigido pela Norma 57 ANSI/ADA para a radiopacidade. O material com fosfato nanoparticulado associado com nanopartículas de cerâmica apresentou o menor tempo de presa. Com relação à variação dimensional, os materiais se mantiveram dentro dos limites requeridos pela norma, sendo os materiais correlacionados com NPS de cerâmica, os que obtiveram os melhores resultados. Não foi observada diferença estatisticamente significativa na resistência à compressão dos materiais, cujos valores são semelhantes aqueles dos cimentos comerciais. Para os testes antimicrobianos foram utilizadas diferentes bactérias e os cimentos apresentaram poder antimicrobiano para algumas delas.
In this work the antimicrobial and physico-mechanical properties of four phosphate-based endodontic cements were evaluated. The cements consist of a powder containing a phosphate and a radiopacifier and a polysaccharide solution containing polymeric or ceramic bactericidal nanoparticles. The experimental cements meet the minimum value required by the ANSI / ADA Standard 57 for radiopacity. The nanoparticulate phosphate material associated with ceramic nanoparticles presented the shortest prey time. Regarding the dimensional variation, the materials remained within the limits required by the standard, and the materials correlated with ceramic NPS were the ones that obtained the best results. No statistically significant difference was observed in the compressive strength of the materials, whose values ​​are similar to those of commercial cements. For the antimicrobial tests different bacteria were used and the cements presented antimicrobial power for some of them.

Descrição

Palavras-chave

Capeamento da polpa dentária, Fosfatos, Titânio, Quitosana, Nanopartículas, Pulp capping, Phosphates, Titanium, Chitosan, Nanoparticles

Como citar