Zeatina na implantação da laranja "Pera Rio"

Imagem de Miniatura

Data

2023-12-11

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A citricultura tem grande contribuição social e econômica no país, pois o Brasil é o maior exportador mundial de suco de laranja, responsável por mais de 80% de toda laranja produzida. Porém a cultivo da laranja, traz grandes desafios na fase de implantação diante das adversidades ambientais e fitossanitárias. Assim, utilização na fase inicial de bioestimulante composto por zeatina, pode trazer bons resultados. Diante o exposto, objetiva-se avaliar o crescimento e o desenvolvimento de plantas de laranja da variedade ‘Pera Rio’ (Citrus sinensis) após o uso de bioestimulante composto de zeatina no período de implantação. O experimento foi desenvolvido em propriedade rural no município de Urânia/SP, utilizando plantas de laranjeira com copa Pera Rio (Citrus sinensis), sobre o porta-enxerto limão Cravo (Citrus limonia (L.) Osbeck), com 10 meses de idade, cultivadas em espaçamento de 4 metros entre as plantas e 7 metros entre as ruas, totalizando 357 plantas por hectare. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, sendo as parcelas representadas pelas doses do produto comercial Fertiactyl GZ®, a base de zeatina (0, 1 e 2 mL) e as subparcelas pelo número de aplicações as quais as plantas foram submetidas (0, 1, 2 e 3). Utilizou-se 50 repetições, sendo a unidade experimental composta por 1 planta. Durante todo o período do desenvolvimento, foram avaliados: Comprimento de Ramos (CR), Área de Copa (AC), Número de Brotações por m2 (NB), Número de Flores por m2 (NFl) e Número de Frutos por m2 (NFr). Os resultados biométricos foram submetidos à análise de variância (ANAVA) pelo teste F (p<0,05). As médias obtidas foram agrupadas por meio do teste Tukey, a 5% de probabilidade, utilizando o software estatístico SISVAR 5.6. Houve diferença significativa para todas as variáveis, com exceção do NFr. A dose de 2 mL do bioestimulador a base de zeatina destacou-se fornecendo um incremento às variáveis analisadas em comparação com a testemunha, influenciando positivamente a formação e desenvolvimento das plantas de laranja.
Citriculture has a great social and economic contribution in the country, as Brazil is the world's largest exporter of orange juice, responsible for more than 80% of all oranges produced. However, orange cultivation brings great challenges in the implementation phase in the face of environmental and phytosanitary adversities. Therefore, using a biostimulant composed of zeatin in the initial phase can bring good results. Given the above, the objective is to evaluate the growth and development of orange plants of the variety Pera Rio with the use of a biostimulant composed of zeatin after its implantation period, focusing on the optimization and quality of the culture. The experiment was carried out on a rural property in the city of Urânia/SP, using orange plants with Pera Rio crown (Citrus sinensis), on the Cravo lemon rootstock (Citrus limonia (L.) Osbeck), 10 months old, cultivated in a spacing of 4 meters between plants and 7 meters between streets, totaling 357 plants per hectare. The experimental design used was completely randomized, in a split-plot scheme, the plots being represented by the doses of the commercial product Fertiactyl GZ, based on Zeatin (0, 1 mL and 2 mL) and the subplots by the number of applications to which the plants were unique (0, 1, 2 and 3). Fifty repetitions were used, with the experimental unit consisting of 1 plant. During the entire development period, the following were evaluated: Branch Length (CR), Canopy Area (AC), Number of Shoots/m2 (NB), Number of Flowers/m2 (NFl) and Number of Fruits/m2 (NFr) . The results of the biometric analysis were examined using the analysis of variance (ANAVA) using the F test (p<0.05). Afterwards, the averages were grouped using the Tukey test, at 5% probability, using the SISVAR 5.6 statistical software. There was a significant difference for all variables, with the exception of the number of fruits per square meter, with the 2 mL dose of the zeatina-based biostimulator standing out as the preferred option, providing an increment to the monitoring variables compared to the control, positively influencing the formation and development of orange plants.

Descrição

Palavras-chave

Bioestimulante, Citrus sinensis, Desenvolvimento vegetal, Biostimulant, Plant development, Desarrollo vegetativo

Como citar

OLIVEIRA, Wilson Soares de. Zeatina na implantação da laranja "Pera Rio". 2023. 33 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Faculdade de Engenharia, Universidade Estadual Paulista - Unesp, Ilha Solteira, 2023.