Doença renal medular cística em uma cadela Yorkshire Terrier: relato de caso

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2008-08-01

Autores

Feliciano, M. A. R. [UNESP]
Leite, C. A. L.
Silveira, T.
Cavalcanti, G. A. O.
Varaschin, M. S.
Vicente, W. R. R. [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária

Resumo

Uma cadela da raça Yorkshire Terrier apresentou hematêmese, distensão abdominal, poliúria e polidipsia. Após o exame clínico do paciente, estabeleceu-se a suspeita clínica de nefropatia. Os resultados dos exames laboratoriais revelaram anemia normocítica normocrômica e concentrações séricas de uréia (306mg/dl) e de creatinina (3,6mg/dl) acima dos valores de referência. Ao ultra-som bidimensional observaram-se áreas císticas hipoecóicas e anecóicas, padrão renal hipercogênico e perda da relação corticomedular. À necropsia, a região medular apresentou grande quantidade de cistos pequenos em meio a tecido conjuntivo fibroso. A lesão tubulointersticial cortical foi a responsável pela insuficiência renal resultante. Firmou-se diagnóstico de nefrite tubulointersticial.
A Yorkshire Terrier bitch presented hematemesis, abdominal distention, poliuria, and polidipsia. After clinical examination, it was established a clinical suspect of nephropathy. The complementary exams showed normochromic and normocytic anemia and serum concentrations of ureia (306mg/dl) and creatinine (3.6mg/dl) above the references values. At two-dimensional ultrasound hipoechoic and anechoic cystic areas were observed, as well as hiperechogenic renal pattern and corticomedullary ratio loss. At necropsy, the medullary region presented many small cysts in a fibrous connective tissue. Cortical tubulointesticial lesion was responsible to the resulting renal failure. It was established a tubulointersticial nephritis diagnosis.

Descrição

Palavras-chave

Dog, cystic medullary renal disease, nephrology, Cão, doença renal medular cística, nefrologia

Como citar

Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia. Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária, v. 60, n. 4, p. 832-836, 2008.