Caracterização morfoanatômica e rendimento do extrato vegetal da espécie Zantedeschia sp. e Aglaonema sp., pertencentes à família Araceae

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-08-05

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A família Araceae é muito popular devido a sua importância medicinal, alimentícia e de beleza ornamental e a composição química de algumas espécies pode expressar efeitos fitoterápicos ou tóxicos. O objetivo deste trabalho foi descrever a anatomia e a composição química do sistema subterrâneo e aéreo de Zantedeschia sp. e Aglaonema sp. Para realizar as análises, as amostras foram fixadas por FAA 70, armazenadas em álcool 70%, fixadas em historesina e por fim seccionadas em micrótomo rotativo. As lâminas foram separadas e parte recebeu a coloração em Azul de Toluidina e montadas; as outras foram para o teste histoquímico em busca de comprovar a presença de amido, substâncias lipídicas, substâncias pécticas, proteínas e compostos fenólicos com os reagentes: Lugol, Sudan IV, Vermelho de rutênio, Xylidine Ponceau e Cloreto Férrico. As fotomicrografias dos testes foram tiradas por meio de um microscópio óptico com câmera acoplada. Amostras do limbo foliar foram desidratadas até atingir o ponto crítico, fixadas em um suporte de alumínio e metalizadas com uma camada de ouro, por fim foram analisadas por um Microscópio Eletrônico de Varredura. A caracterização química foi feita a partir de amostras secas de raiz, rizoma e folha, pulverizados e misturados a etanol na razão 15ml/1g. Os resultados nos revelaram diferenças entre a anatomia do limbo, bainha, rizoma, presença de ráfides no rizoma; a histoquímica nos mostrou a ausência de grão de amido em uma das espécies, diferença na concentração de compostos pécticos, drusas e ráfides. O rendimento do extrato etanólico de Zantedeschia sp., foi maior que o de Aglaonema sp tanto para porção aérea quanto subterrânea. As características nos mostram diferenças relevantes entre as espécies e a indicaram um potencial efeito tóxico pela presença de ráfides nos tecidos, complementando os relatos que se tem até agora.
The Araceae family is very popular due to its medicinal, nutritional and ornamental beauty importance and the chemical composition of some species can express phytotherapeutic or toxic effects. The objective of this work was to describe the anatomy and chemical composition of the structural and aerial system of Zantedeschia sp. and Aglaonema sp. To carry out the analyzes, samples were inserted by FAA 70, stored in 70% alcohol, inserted in history and finally sectioned in a rotating microtome. The slides were separated and part was colored in Toluidine Blue and mounted; as others went for the histochemical test in search of proving the presence of starch, lipid substances, pectic substances, proteins and phenolic compounds with the reagents: Lugol, Sudan IV, Ruthenium Red, Xylidine Ponceau and Ferric Chloride. The photomicrographs of the tests were taken by means of a specific optic with a coupled camera. Part of the depth and air system were dehydrated until reaching the critical point, included in an aluminum support and metallized with a layer of gold, finally checked by a Scanning Electron Microscope. The chemical characterization was carried out using dried root, rhizome and leaf samples, sprayed and mixed with Ethanol at a ratio of 15ml/1g. The results revealed differences between the anatomy of the limbus, sheath, rhizome, presence of raphids in the rhizome; histochemistry showed the absence of starch grains in one of the species, difference in the concentration of pectic compounds, druses and raphides. The phenolic extracts of Zantedeschia sp. were higher than those of Aglaonema sp. The characteristics show relevant differences between the species and the description of a potential toxic effect due to the presence of raphids and serve as new information among the reports that have been available so far.

Descrição

Palavras-chave

Araceae, Anatomia vegetal, Plantas medicinais, Testes histoquímicos, Plant anatomy, Medicinal plants, Histochemical tests

Como citar

BOSSARDI, Valentina Pasquali. Caracterização morfoanatômica e rendimento do extrato vegetal da espécie Zantedeschia sp. e Aglaonema sp., pertencentes à família Araceae. 2023. 25 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Faculdade de Engenharia, Universidade Estadual Paulista - Unesp, Ilha Solteira, 2023.