Enraizamento de estacas apicais de figueira Roxo de Valinhos submetidas à estratificação a frio úmido e AIB

Resumo

Na produção de mudas de figueira a utilização de estacas apicais de menor comprimento pode facilitar o manejo no viveiro, entretanto ainda não foram definidos os protocolos para enraizamento desse tipo de estaca. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a ação da estratificação à frio úmido e do tratamento com AIB na rizogênese de estacas apicais de figueira Roxo de Valinhos. As estacas foram coletadas da porção apical dos ramos no final do período hibernal (julho) e padronizadas com 20 cm de comprimento e diâmetro aproximado de 0,7 cm. As estacas foram estratificadas (estacas embrulhadas em jornal umedecido e protegidas com saco plástico à temperatura de 4 ºC, em câmara tipo BOD) por diferentes períodos (0, 15, 30, 45 e 60 dias) e, posteriormente, tratadas e não tratadas com 2.000 mg L-1 de AIB por 10 segundos. em seguida, as estacas foram enterradas em leito de areia umedecido sob telado constituído de tela de polipropileno preta (sombreamento de 50%). Passados 60 dias de cada período de estratificação, foram mensuradas a percentagem de estacas enraizadas, a percentagem de estacas brotadas e o número médio de brotações e de raízes por estaca. Conclue-se que as estacas apicais de figueira Roxo de Valinhos estratificadas a frio úmido por 30 dias e posteriormente tratadas com 2.000 mg L-1 de AIB apresentaram maior potencial de rizogênese.
The objective of the present work was to evaluate the effects of cold-humid stratification and IBA on the rhizogenesis of apical cuttings of fig plants cv. 'Roxo de Valinhos'. Cuttings were collected from the apical portion of branches at the end of the dormant period (July), and standardized with 20 cm-length and 0.7 cm-diameter. The cuttings were stratified (cuttings wrapped in moist newspaper and protected with plastic bag at temperature of 4ºC, in BOD camera) for different periods (0, 15, 30, 45 and 60 days) and then, treated and non-treated with 2000 mg L-1 of IBA for 10 seconds. The treated cuttings were buried in sand moistened in the nursery (50% of brightness). After 60 days of each stratification period, cuttings were evaluated for the percentage of rooting, the percentage of sprouted cuttings, and the average number of shoots and roots per cutting. The results showed that apical cuttings of fig plants cv. 'Roxo de Valinhos' stratified in cold-humid for 30 days and subsequently treated with 2000 mg L-1 of IBA have greater rhizogenesis potential.

Descrição

Palavras-chave

Ficus carica L, estaquia e ácido indolbutírico, Cutting, Ficus carica L, indolbutyric acid

Como citar

Revista Ceres. Universidade Federal de Viçosa (UFV), v. 57, n. 3, p. 401-404, 2010.