Influência de soluções irrigadoras na resistência adesiva de pinos de fibra de vidro utilizando cimento resinoso: avaliação através do teste de push-out

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-06-01

Orientador

Carvalho, Claudio Antonio Talge

Coorientador

Pós-graduação

Odontologia Restauradora - ICT

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Atualmente, os pinos de fibra de vidro têm surgido como uma alternativa para restaurar dentes tratados endodonticamente. Entretanto, a perda da retenção do pino é uma das principais causas de falhas. Portanto, o objetivo deste estudo foi avaliar a resistência de união e o tipo de falha adesiva, em diferentes regiões da raiz, de pinos de fibra de vidro transparente cimentados no canal radicular com cimento de cura dual, variando-se a solução irrigadora utilizada durante o preparo dos canais, através do teste de push-out. Para o estudo, foram utilizados 30 dentes humanos, todos igualmente preparados. No momento da cimentação dos pinos, as soluções irrigadoras foram: solução de soro fisiológico, hipoclorito de sódio 2,5% e solução de clorexidina 2%; e o cimento resinoso utilizado foi de cura dual. Após a cimentação, os espécimes foram seccionados, obtendo-se 2 fatias de aproximadamente 2 mm cada, suas faces cervicais foram marcadas, e então, submetidas ao teste de push-out. Foram realizados os testes ANOVA e Tukey, com nível de significância de 5 %, para a análise do ensaio mecânico e realizada análise qualitativa do tipo de falha ocorrida. Pôde-se observar que o grupo irrigado com hipoclorito de sódio 2,5% apresentou menor valor da média de resistência adesiva (3,870 ± 3,799 MPa), comparado com o grupo da clorexidina 2% (4,215 ± 2,098 MPa) e com o grupo do soro (4,510 ± 1,186 MPa). Já em relação aos terços, a região média foi a que apresentou maior valor da média de resistência adesiva (4,803 ± 3,14 MPa) quando comparado com a região cervical (3,593 ± 1,717 MPa), porém não houve diferença estatística significante, nem entre as regiões e nem entre as soluções irrigadoras. A maioria das falhas ocorridas foram do tipo adesiva 70%, enquanto que 23,33% foram fraturas coesivas, e 6,66% foram do tipo mistas. Assim, é possível concluir que os...

Resumo (inglês)

Currently, the fiberglass posts have emerged as an alternative to restore endodontically treated teeth. However, the loss of retention of the pin is a major cause of failure. Therefore, the aim of this study was to evaluate and compare the bond strength of transparent fiberglass posts, using a dual cure cement, varying the irrigating solution used during the preparation of the root canals through the push-out test and then a qualitative analysis of types of adhesion failures was made by reading into a stereomicroscope. For the study, 30 human teeth were used, all equally prepared. At the time of cementation of the posts, the irrigating solutions were: normal saline solution, sodium hypochlorite 2.5%, and 2% chlorhexidine solution, and the resin cement used was dual-curing. After cementation, specimens were sectioned, yielding two slices of about 2 mm each, their cervical faces were marked, and then subjected to push-out test, the data obtained were analyzed by descriptive and inferential statistics. The tests performed were ANOVA and Tukey, with a significance level of 5% for the analysis of mechanical test, and the type of failure occurred was qualitatively evaluated. It could be observed that the group irrigated with sodium hypochlorite 2.5% showed the lowest mean bond strength (3.870 ± 3.799 MPa), compared with 2% chlorhexidine group (4.215 ± 2.098 MPa) and the normal saline solution group (4.510 ± 1.186 MPa). In relation to the thirds, the middle region showed the highest value of bond strength average (4.803 ± 3.14 MPa) compared with the cervical (3.593 ± 1.717 MPa), but differences were not statistically significant, nor between regions nor between irrigating solutions. Most failures were adhesive type 70%, while 23.33% were cohesive fractures, and 6.66% were mixed type. Thus, we conclude that the irrigation protocols evaluated in this study did not exert effects on the bond ... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

FIGUEIREDO, Mariana Diehl. Influência de soluções irrigadoras na resistência adesiva de pinos de fibra de vidro utilizando cimento resinoso: avaliação através do teste de push-out. 2011. 115 f. Dissertação (mestrado) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de São José dos Campos, 2011.