Crescimento e mortalidade de Brycon opalinus (Characiformes, Characidae) no Parque Estadual da Serra do Mar, Mata Atlântica, Estado de São Paulo

Imagem de Miniatura

Data

2007-01-01

Autores

Gomiero, Leandro Muller [UNESP]
Carmassi, Alberto Luciano [UNESP]
Braga, Francisco Manoel de Souza [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Instituto Virtual da Biodiversidade (BIOTA/FAPESP)

Resumo

Os parâmetros de crescimento e mortalidade de machos e fêmeas de Brycon opalinus foram estimados de janeiro a dezembro de 2004 em rios do Parque Estadual da Serra do Mar - Núcleo Santa Virgínia (SP). As distribuições das freqüências nas classes de comprimentos totais foram diferentes para machos e fêmeas. Os parâmetros estimados para os machos e fêmeas foram: L¥(comprimento médio máximo assintótico) = 29,8 e 37,7 cm; k (coeficiente de taxa de crescimento) = 0,54 e 0,56 ano-1; C (amplitude de oscilação sazonal) = 0,3; Wp (winter point) = 0,7; M (coeficiente de mortalidade natural) = 0,97 e 0,93 ano-1; quatro a cinco coortes e longevidade de 4,58 e 4,53 anos, respectivamente. O crescimento e a mortalidade de B. opalinus estão intimamente relacionados com as características intrínsecas da espécie, assim como com as características ambientais de sazonalidade e de disponibilidade alimentar.
Growth and mortality parameters for males and females of Brycon opalinus were estimated from January through December 2004 in rivers of the Serra do Mar State Park - Santa Virgínia Unit, State of São Paulo. The distributions of the total-length frequency classes were different for males and females. The estimated parameters for males and females were: L¥ (asymptotic maximum length) = 29.8 and 37.7 cm; k (growth coefficient) = 0.54 and 0.56 year-1; C (growth oscillation) = 0.3; Wp (winter point) = 0.7; M (natural mortality coefficient) = 0.97 and 0.93 year-1; four to five cohorts and longevity of 4.58 and 4.53 years, respectively. Growth and mortality of B. opalinus are intimately related to the intrinsic characteristics of the species, as well as to the environmental characteristics of seasonality and availability of food.

Descrição

Palavras-chave

Pirapitinga do Sul, Núcleo Santa Virgínia, Brasil, Pirapitinga do Sul, Santa Virgínia Unit, Brazil

Como citar

Biota Neotropica. Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP, v. 7, n. 1, p. 0-0, 2007.