Biologia floral e sistema reprodutivo em Solanum viarum Dunal, e caracterização da amplitude de dieta de suas abelhas visitantes em uma área da UNESP - campus de Rio Claro

dc.contributor.advisorCampos, Maria José de Oliveira [UNESP]
dc.contributor.advisorPatricio, Gleiciani Burger [UNESP]
dc.contributor.authorBrocanelli, Felipe Gonçalves [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2015-03-23T15:09:22Z
dc.date.available2015-03-23T15:09:22Z
dc.date.issued2011
dc.description.abstractA fragmentação de habitats decorrente principalmente da expansão da agropecuária no Brasil, bem como o declínio observado em escala mundial dos polinizadores (abelhas em sua maioria), atestam a gravidade do problema ambiental que enfrentamos atualmente. Baixos níveis de polinização de plantas em geral podem ocasionar problemas econômicos na área da alimentação humana, visto que muitas espécies vegetais importantes para nosso consumo dependem das abelhas para sua reprodução e conseqüente formação de frutos. Assim, a execução de planos de manejo em áreas cultivadas, envolvendo medidas de proteção para polinizadores e que visem a manutenção de áreas verdes no entorno de plantações são importantes estratégias para amenizar o impacto que o homem exerce sobre a natureza. Nesse aspecto, esse estudo tratou de investigar a preferência alimentar de abelhas amostradas em flores de Solanum viarum Dunal e a biologia floral e sistema de reprodução nessa espécie. Os conhecimentos e informações obtidos a partir de trabalhos como esses compreendem uma parte essencial de planos de conservação para o grupo de polinizadores. S. viarum é uma solanácea ruderal, que ocorre em campos abertos e ambientes perturbados. Apresenta deiscência das anteras do tipo poricida, é auto-incompatível e possui grande atratividade para inúmeras espécies de abelhas vibradoras, como as dos gêneros Bombus, Exomalopsis e da Família Halictidae. De acordo com os presentes resultados, pode-se afirmar que S. viarum caracteriza-se como uma espécie potencialmente doadora de pólen para os polinizadores acima citados, e que seu plantio e manejo controlados ao redor de cultivos agrícolas, juntamente com outros tipos vegetais, pode aumentar a densidade de abelhas no entorno dessas áreas e a rentabilidade de tais cultivospt
dc.format.extent44 f.
dc.identifier.aleph000691500
dc.identifier.citationBROCANELLI, Felipe Gonçalves. Biologia floral e sistema reprodutivo em Solanum viarum Dunal, e caracterização da amplitude de dieta de suas abelhas visitantes em uma área da UNESP - campus de Rio Claro. 2011. 44 f. Trabalho de conclusão de curso (bachareladoe licenciatura - Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2011.
dc.identifier.filebrocanelli_fg_tcc_rcla.pdf
dc.identifier.lattes0711275437074965
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/118414
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectAbelhapt
dc.subjectEcologia vegetalpt
dc.subjectSolanum viarumpt
dc.subjectPolinização por abelhaspt
dc.subjectPalinologiapt
dc.subjectRio Claro (SP)pt
dc.titleBiologia floral e sistema reprodutivo em Solanum viarum Dunal, e caracterização da amplitude de dieta de suas abelhas visitantes em uma área da UNESP - campus de Rio Claropt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
unesp.author.lattes0711275437074965
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Instituto de Biociências, Rio Claropt
unesp.undergraduateCiências Biológicas - IBRCpt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
brocanelli_fg_tcc_rcla.pdf
Tamanho:
448.12 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format