Estudo do impacto da infecção por nematódeos gastrintestinais no desempenho de cordeiros morada nova para desenvolvimento de método seletivo de controle parasitário

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2021-12-02

Autores

Santos, Isabella Barbosa Dos [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Os nematódeos gastrintestinais (NGI) são um grande entrave para a ovinocultura. Cordeiros da raça Morada Nova são resilientes aos NGI, podendo apresentar elevadas infecções sem manifestação de sinais clínicos, tais como a anemia, afetando o uso do método FAMACHA. Diante desses fatores, o objetivo deste trabalho foi adequar um método para realizar o controle de NGI dos animais da raça Morada Nova por meio de tratamento seletivo (TST), utilizando a média de ganho de peso diário (GMD) dos cordeiros como parâmetro. Além disso, verificou-se a aplicabilidade da espectroscopia no infravermelho próximo (NIRS) no diagnóstico da infecção por NGI. A partir dos dados obtidos, realizouse estimativa das perdas econômicas advindas da infecção por NGI nos diferentes grupos experimentais. Para tanto, 114 cordeiros na estação chuvosa e 102 na estação seca foram randomizados em três tratamentos: Controle (TC – sem tratamento), Rotineiro (TR - tratados a cada 42 dias) e Seletivo (TST - tratados de acordo com o GMD). Do 63º dia de vida (D63) até o D210, a cada 21 dias, os animais foram pesados e foram coletadas amostras de sangue (mensuração do volume globular (VG) e avaliação de espectros NIRS), de fezes (contagem de ovos por gramas de fezes (OPG) e coproculturas) e leitura do grau FAMACHA. Para averiguar a resistência dos parasitos ao anti-helmíntico utilizado nos grupos experimentais (levamisol 9,4 mg/kg), realizou-se o teste de redução da contagem de OPG (TRCOF), o RESISTA-Test© para o cálculo das concentrações letais (CLs) e o teste molecular (detecção de indel de 63 bp no gene acr-8 em H. contortus). No estudo econômico foram analisados e comparados os parâmetros de custo operacional dos tratamentos antihelmínticos e o resultado econômico advindo destes. Nos grupos TC, TR e TST, respectivamente, as médias de OPG (p ≤ 0,05) foram 4665,1, 3063,5 e 3462,1 na estação chuvosa e de 4475,1, 1341,7 e 2863,4 na estação seca. As médias do VG foram 32,1%, 33,4% e 32,3% na estação chuvosa e 33,9%, 36,0% e 35,1% na estação seca. Os GMD médios foram 0,087 Kg, 0,101 Kg e 0,094 Kg na estação chuvosa e 0,102 Kg, 0,113 Kg e 0,112 Kg na estação seca. A eficácia do levamisol no TRCOF foi de 66,4%, 24,1% e 76,4% nas chuvas e de 90,7%, 12,4% e 64,8% na seca, respectivamente. No RESISTA-Test© as CL50 foram 0,482, 1,926 e 0,117 µg/mL na estação chuvosa e 0,437, 0,851 e 0,045 µg/mL na estação seca, respectivamente. No teste molecular, a frequência do genótipo homozigoto de resistência foi de 57,1%, 71,4% e 40,0% na estação chuvosa e de 47,8%, 55,9% e 41,9% na seca. Não foi observada diferença significativa entre os tratamentos TST e TR em relação à média de ganho de peso, peso final e GMD, especialmente na estação seca, na qual a carga parasitária foi menor. A eficácia do tratamento anti-helmíntico reduziu de forma mais drástica no TR. Especificidades das raças ovinas e das condições ambientais precisam ser avaliadas antes da aplicação do TST por GMD no controle de NGI. O estudo dos espectros NIRS foi realizado a partir da classificação dos cordeiros Morada Nova entre doentes e saudáveis para a infecção parasitária e apresentou uma sensibilidade de 93,33% e especificidade de 73,21%. A técnica foi capaz de interagir os componentes do sangue e fazer classificações, demonstrando ser uma técnica mais sensível que o FAMACHA, bem como rápida e versátil para aplicação a campo. Em relação ao levantamento econômico, os animais do TR chegaram no D210 mais pesados em relação ao TC, gerando maior faturamento bruto em ambas as estações. Em relação ao TC, pode-se verificar um resultado econômico expressivo a favor do TR de R$ 33,00 por cabeça na estação chuvosa e de R$ 28,45 na estação seca. O TR apresentou resultado econômico 14,4% e 10,9% superior ao TC e 7,2% e 1,9% superior ao TST, no período das águas e da seca, respectivamente, mas o rápido desenvolvimento da resistência inviabilizou seu uso. Os gastos com o uso de anti-helmínticos são estimados em torno de 1,3% no resultado econômico total do sistema de produção. Considerando-se a redução no ganho de peso desencadeada pelos NGI nos rebanhos nacionais, estima-se um potencial impacto econômico R$ 472,6 milhões/ano e que as perdas por mortes na ovinocultura Brasileira sejam de R$ 65 milhões/ano
Gastrointestinal nematodes (GIN) are a major obstacle to sheep farming. Morada Nova lambs are resilient to GIN, and may present high infections without clinical signs, such as anemia, affecting the use of the FAMACHA method. In view of these factors, the objective of this study was to adapt a method to GIN control in Morada Nova animals through selective treatment (TST), using the average daily weight gain (DWG) of the lambs as a parameter. In addition, the applicability of near-infrared spectroscopy (NIRS) in the diagnosis of Haemonchus contortus infection was verified. Based on the data obtained, estimates of economic losses resulting from GIN infection were made in the different experimental groups. For this, 114 lambs in the rainy season and 102 in the dry season were randomized into three treatments: Control (CT – without treatment), Routine (RT - treated every 42 days), and Selective (TST - treated according to DWG). From the 63rd day of life (D63) to the D210, each 21 days, the animals were weighed and blood samples (packed cell volume (PCV) measurement and NIRS spectra evaluation), feces (egg count per gram of feces (EPG) and coprocultures) and FAMACHA grade reading were collected. To investigate the resistance of parasites to anthelmintic used in the experimental groups (levamisol 9.4 mg/kg), the EPG count reduction test (FECRT), the RESISTA-Test© for lethal concentration (LC) calculation and the molecular test (detection of indel 63 bp in the gene acr-8 in H. contortus) were performed. In the economic study, the parameters of operational cost of anthelmintic treatments and the economic result from them were analyzed and compared. In the CT, RT and TST groups, respectively, the mean EPG (p ≤ 0.05) were 4665.1, 3063.5 and 3462.1 in the rainy season and 4475.1, 1341.7 and 2863.4 in the dry season. The averages of the PCV were 32.1%, 33.4% and 32.3% in the rainy season and 33.9%, 36.0% and 35.1% in the dry season. Mean DWG was 0.087 Kg, 0.101 Kg and 0.094 Kg in the rainy season and 0.102 Kg, 0.113 Kg and 0.112 Kg in the dry season. The efficacy of levamisole in the FECRT was 66.4%, 24.1% and 76.4% in rainy and 90.7%, 12.4% and 64.8% in dry, respectively. In the RESISTA-Test© the LC50 were 0.482, 1.926 and 0.117 µg/mL in the rainy season and 12 0.437, 0.851 and 0.045 µg/mL in the dry season, respectively. In the molecular test, the frequency of homozygous resistance genotype was 57.1%, 71.4% and 40.0% in the rainy season and 47.8%, 55.9% and 41.9% in the dry season. No significant difference was observed between the TST and RT treatments in relation to the mean weight gain, final weight and DWG, especially in the dry season, in which the parasite load was lower. The efficacy of the anthelmintic treatments was more drastically reduced in the RT. Specificities of sheep breeds and environmental conditions need to be assessed prior to the application of TST by DWG for GIN control. The study of the NIRS spectra was performed based on the classification of Morada Nova lambs among sick and healthy for parasitic infection and presented a sensitivity of 93.33% and specificity of 73.21%. The technique was able to interact with blood components and make classifications, demonstrating that it can be more sensitive than FAMACHA, as well as a quick and versatile technique for field application. In relation to the economic survey, the animals of the RT arrived in the D210 heavier in relation to the CT, generating higher gross sales in both seasons. In relation to CT, one can verify an expressive economic result in favor of RT of R$ 33.00 per head in the rainy season and R$ 28.45 in the dry season. The RT presented economic results 14.4% and 10.9% higher than the CT and 7.2% and 1.9% higher than the TST, in the rainy and dry periods, respectively, but the fast development of resistance made its use unfeasible. Expenses with the use of anthelmintics are estimated at around 1.3% in the total economic result of the production system. Considering the reduction in weight gain triggered by GIN in national flocks, it is estimated a potential economic impact of R$ 472.6 million/year and that losses from deaths in the Brazilian sheep production are of R$ 65 million/year

Descrição

Palavras-chave

Parasitologia Veterinária, Gastrointestinal, Cordeiros

Como citar