São José dos Campos - ICT - Instituto de Ciência e Tecnologia

URI Permanente para esta coleção

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 20 de 35
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Efeito do resveratrol nas propriedades mecânicas de um sistema adesivo modificado
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-05) Senefonte, Fernanda Labiapari; Pucci, César Rogério [UNESP]; Matuda, Amanda Guedes Nogueira; Instituto de Ciência e Tecnologia
    Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar as propriedades mecânicas de um sistema adesivo modificado com a incorporação do resveratrol em diferentes concentrações (0,5, 1 e 2%), onde foi avaliada a resistência de união da interface adesiva. Material e Métodos: Para a realização do teste, o resveratrol (sigma-Aldrich) em pó foi pesado minuciosamente e incorporado ao sistema adesivo Adper Single Bond II (3M-ESPE) que foi dividido em 4 grupos de acordo com as concentrações da incorporação do resveratrol: ASB – nenhuma incorporação, ASB0,5 – incorporação de 0,5% de resveratrol, ASB1 – incorporação de 1% de resveratrol, ASB2 – incorporação de 2% de resveratrol. Para a realização do teste de resistência de união à microtração foram utilizados 40 molares humanos hígidos (n=10) com a superfície oclusal removida, expondo dentina. O sistema adesivo de diferentes grupos foi aplicado sobre o dente e fotopolimerizado, após essa etapa, depositou-se uma camada de 3mm de resina composta Filtek Z350 XT (3M-ESPE) com a técnica incremental. As amostras foram seccionadas ao longo eixo do dente resultando em palitos de aproximadamente 1x1mm de largura. Esses palitos foram submetidos à microtração. Resultados: De acordo com os resultados obtidos, o grupo ASB apresentou uma média de 43,69±1,38A, o grupo ASB0,5 uma média de 43,74±0,98A, o grupo ASB1 uma média de 42,25±0,49A e o grupo ASB2 uma média de 44,84±4,88A. Não havendo diferenças estatisticamente significativas entre os grupos. Conclusão: Conclui-se que a incorporação do resveratrol no sistema adesivo em diferentes concentrações não interferiu na resistência de união da interface adesiva.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Violência contra criança e adolescente: levantamento do conhecimento do graduando em odontologia acerca da conduta a ser adotada frente à casos de suspeita de violência
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-08) Cunha, Isadora Eugenia Eurídice Alvarez da; Barbieri, Ana Amélia [UNESP]; Feitosa, Fernanda Alves
    Objetivo: levantar, junto a graduandos de Odontologia, o conhecimento sobre a responsabilidade ética e conduta a ser adotada ante a suspeita de violência contra criança e adolescente. Material e Métodos: Para o desenvolvimento desta pesquisa exploratória, uma amostra de 150 graduandos dos últimos anos de Odontologia de faculdades, públicas e privadas do interior do estado de São Paulo foram convidados a responder a um questionário estruturado autoaplicável, após anuir ao Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Resultados: A pesquisa contou com 75 participantes regularmente matriculados no quarto ou quinto ano de Odontologia de faculdades do interior do Estado de São Paulo, que responderam 19 questões. Conclusão: conclui-se conhecimento satisfatório por parte dos graduandos quanto à conduta, contudo, estes possuem certas inseguranças relacionadas ao tema, além disso demonstram interesse em saber mais sobre o tema.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Ensaio mecânico de afrouxamento do parafuso do componente mini pilar
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-08) Coneglian, Camila Candido; Nishioka, Renato Sussumu [UNESP]; Silva, Robson Roberto
    Objetivo: O objetivo deste estudo foi analisar o afrouxamento do parafuso do componente mini pilar cônico de implantes por meio de ensaio mecânico de envelhecimento. Material e Métodos: Foram confeccionados 10 corpos de prova com 2 fixações do tipo hexágono externo e componente mini pilar cônico em cada e submetidas a uma máquina de envelhecimento mecânico por 1 milhão de ciclos à 2Hz com 6bars (250N). As amostras foram analisadas por meio do torquímetro digital para avaliação de torque de remoção. Resultados: As amostras de mini pilar cônico que foram submetidas à ensaio mecânico equivalente a 1 ano de função mastigatória apresentaram perda de torque pequena. Conclusão: O parafuso do componente mini pilar cônico se mostrou efetivo em relação ao afrouxamento quando submetido à forças verticais.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Ensaio mecânico de afrouxamento de um novo pilar protético WD48
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-08) Silva, Esther Almeida Oliveira; Nishioka, Renato Sussumu [UNESP]; Silva, Robson Roberto da
    Objetivo: A evolução é um processo no qual ocorrem mudanças ao longo do tempo, na odontologia frequentemente surgem materiais, instrumentos e técnicas novas que tornam os processos mais simples. Porém, quando falamos de componente de próteses múltiplas para implantes dentários a evolução é mais lenta. Nesse sentindo, esse estudo avaliou o comportamento mecânico do novo intermediário de prótese múltipla implantossuportada, através da ciclagem mecânica simulando a fadiga dos componentes e avaliando o torque de remoção e os valores obtidos do afrouxamento. Material e Métodos: Foram utilizados 10 corpos de prova, sendo 10 pilares WD48. Onde o torque do parafuso de retenção, foi mensurado inicialmente com o torque comummente utilizado sobre o pilar mini cônico de 10N e todas as amostras foram submetidas a fadiga mecânica por 1.000.000 ciclos simulando 1 ano em função e cada amostra foi mensurada novamente com um torquímetro digital. Resultados: Indicaram uma resistência consistente do parafuso de retenção ao longo da ciclagem mecânica, sugerindo uma média capacidade de manutenção da força de fixação mesmo após repetidos ciclos de carga e descarga. Conclusão: O pilar protético W48 para implantes hexágono externo representa um marco significativo no progresso da implantodontia, destacando a importância da pesquisa, da inovação e da colaboração para atender às demandas específicas do campo e proporcionar melhores resultados aos pacientes.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Gestão e planejamento estratégico: uma visão empreendedora para clínicas e consultórios odontológicos
    (UNESP, 2024-03-08) Barbancho, Mariana; Silva, João Maurício Ferraz [UNESP]; Rocha, João Carlos [UNESP]
    O setor odontológico no Brasil, significativo economicamente e socialmente, enfrenta desafios, uns pelo mercado estar saturado, outros pela inexperiência e ineficiência quando falamos sobre gestão. Este estudo propõe uma orientação para a gestão de consultórios e clínicas odontológicas, enfatizando a importância de um planejamento estratégico que considere fatores internos e externos. O modelo de planejamento sugerido, inspirado em Luce e Rossi(2002), aborda desde a definição de missão, valores até a implementação de ações estratégicas. Este modelo visa melhorar a gestão, promovendo o crescimento sustentável, e satisfação dos pacientes. Este trabalho visa ressaltar a importância e a necessidade de uma gestão estratégica em clínicas odontológicas que atenda as necessidades dos pacientes e se adapte às mudanças do mercado, assegurando o sucesso financeiro e contribuindo para saúde da população.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Aplicação do fluxo digital na reabilitação anterior com implante imediato
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-05) Jacinto, Carolina Morino; Nascimento, Rodrigo Dias [UNESP]
    O objetivo deste estudo foi explanar um caso de reabilitação anterior planejado com fluxo digital. Paciente do sexo feminino de 58 anos de idade, ASA II, foi encaminhada devido à presença de reabsorção radicular externa no elemento 23, com histórico de sintomatologia e fístula. Ao exame físico a paciente reportava sintomatologia à percussão horizontal, ausência de fístula ou profundidade de sondagem. Na tomografia computadorizada por feixe cônico (TCFC) confirmou-se o diagnóstico de reabsorção radicular, sendo indicada a exodontia. Devido ao risco estético, com a presença de linha de sorriso média e fenótipo gengival fino optou-se pelo planejamento digital com instalação guiada e provisionalização imediata. Para o planejamento e confecção da guia foram utilizados os arquivos DICOM (Digital Imaging and Comunications in Medicine) da TCFC, e os arquivos STL obtidos no escaneamento intra-bucal. Os arquivos foram importados para o software CodiagnostiX no qual foi realizado o planejamento (CAD - computer-aided design), para então ser exportado e a guia obtida por manufatura aditiva (CAM-computer aided manufacturing). Foi instalado implante Titamax Ex CM Acqua 3,5x13mm, Neodent sem a abertura de retalho, preenchimento do gap vestibular com matriz inorgânica óssea bovina (Straumann Cerabone) e enxerto de tecido conjuntivo subepitelial. Uma vez obtida estabilidade primária adequada realizou-se a provisionalização imediata com a própria coroa do dente extraído. Após 6 meses foi confeccionada coroa em dissilicato de lítio cimentada sobre o abutment (Emax press, Ivoclar). O acompanhamento de 3 anos mostra saúde e estabilidade tecidual periimplantar e satisfação estética e funcional pela paciente.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Osteonecrose relacionada a medicamentos em paciente oncológico: tratamento associado a terapia fotodinâmica em região mandibular
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-06) Nascimento, Maria Laura do; Santos, Lucio Murilo dos [UNESP]; Queiroz, Talita Suelen de
    A osteonecrose dos maxilares relacionada a medicamentos (MRONJ) é uma condição na qual ocorre a degradação e morte de células ósseas devido à diminuição da reabsorção óssea e pode ocorrer como consequência do uso de antirreabsortivos, como bisfosfonatos e denosumabes. O objetivo desse trabalho foi relatar o caso de um paciente, do sexo masculino, 73 anos, diagnosticado com câncer de próstata apresentando metástase óssea em região de quadril o qual manifestou MRONJ após uso de denosumabe. Procurou o Projeto Onco, pois havia instalado implante dentário em região mandibular, o qual apresentou falha na reparação tecidual. Diante dessa situação, foram realizadas 22 sessões de terapia fotodinâmica (PDT), com laser vermelho e fotossensibilizador azul de metileno a 0,01%, associada à antibioticoterapia e bochecho com digluconato de clorexidina a 0,12%, previamente à excisão cirúrgica da lesão necrótica. A PDT se manteve no trans e pós operatório e após 15 dias da cirurgia foi observado a reepitelização inicial do tecido. Conclui-se que a PDT pré,trans e pós operatória associada a antibioticoterapia, com orientação de higiene e excisão cirúrgica foram eficientes à preservação tecidual e promoveu cicatrização da MRONJ
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Confecção de mesa clínica cirúrgica para reabilitação protética com implantes unitários, em região de maxila, utilizando a técnica do guia cirúrgico tradicional
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-08) Menezes, Danielle Soares; Nishioka, Renato Sussumo [UNESP]; Silva, Robson Roberto
    Os dentes são de extrema importância para a fonética, a função e a estética do indivíduo. Quando esses elementos são perdidos, todo o conjunto estomatognático permanece em desequilíbrio. Diante disso, tratamentos reabilitadores são fundamentais, sendo o implante dentário uma das modalidades que mais revolucionou a capacidade de tratar pacientes desdentados parciais. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um protocolo clínico, por meio de uma mesa clínica, apresentando todos os procedimentos e etapas necessárias para a reabilitação protética na região da maxila. De acordo com a Notação Dentária Internacional – FDI , o modelo em poliuretano que foi utilizado possui a ausência dos elementos dentários 11, 14, 15, 24, 25, 26, que foram reabilitados com implantes unitários, através da técnica do guia cirúrgico tradicional, demonstrando assim o correto manejo dos implantes e dos componentes protéticos durante as etapas cirúrgicas e protéticas. O resultado foi a exibição da mesa clínica cirúrgica, assim como das etapas clínicas de reabertura e instalação de cicatrizadores, moldagem protética, prova de pilares, aplicação de cêramica e instalação final das próteses. A partir do estudo e considerando todas as etapas fundamentais para a implantodontia, concluiu-se que a mesa clínica é de extrema importância para os devidos fins didáticos.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Apicificação em dente com rizogênese incompleta como alternativa do insucesso da revascularização: relato de caso
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-07) Serafim, Geovana Belarmino; Valera, Marcia Carneiro [UNESP]; Guerrero, Gustavo Guimarães
    Paciente BLGS, 12 anos, compareceu ao ICT UNESP em São José dos Campos para acompanhamento de um tratamento de revascularização (RP) realizado em 2018 relatando sintomatologia dolorosa ao estimular o dente 21. Ao exame clínico foi possível perceber o escurecimento da coroa dental e mobilidade grau II. Ao exame radiográfico o elemento em questão apresentava ápice aberto e lesão periapical. Ao final da avaliação os autores diagnosticaram insucesso no tratamento anterior e planejaram uma nova intervenção para realização do tratamento de apicificação (AP) utilizando a técnica de tampão apical com MTA. Na primeira sessão o dente foi anestesiado e isolado. Após abertura coronária foi possível perceber uma coloração escura no interior da câmara pulpar e um odor fétido. Foi realizado protocolo de irrigação ativa e preenchimento do canal com medicação de hidróxido de cálcio (MIC) por 15 dias. No total foram realizadas 3 trocas de MIC com intervalo de 15 dias considerando a condição clínica em cada sessão de reavaliação. Após 2 meses da consulta inicial foi realizado o tampão apical de MTA com auxílio da magnificação microscópica. Na sessão seguinte, o tampão foi avaliado quanto a sua estabilização e a obturação foi realizada com a técnica de cone rolado. A sintomatologia e mobilidade cessaram após o primeiro atendimento e o acompanhamento foi realizado de 3 em 3 meses. Considerando a evolução do caso apresentado conclui-se que a AP com tampão apical de MTA é uma alternativa viável para o insucesso da RP para dentes com rizogênese incompleta e lesão periapical.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Cirurgia guiada de aumento de coroa clínica: relato de caso clínico
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-07) Nobre, Brenda Nicole Fernandes; Rodrigues, Rebeka Bahia; Jardini, Maria Aparecida Neves [UNESP]; Lima, Victoria Clara da Silva
    O objetivo deste trabalho foi apresentar um caso clínico para destacar a importância do planejamento e da técnica indicada na correção do sorriso gengival. Para a execução do caso, foi selecionado uma paciente com indicação de cirurgia para correção do sorriso gengival e que concordou em assinar o Termo Consentimento Livre Esclarecido. Foi realizada a anamnese, exame clínico, adequação do meio, exames radiográficos e complementares. A técnica escolhida foi a cirurgia mucogengival de aumento de coroa clínica, planejada de acordo com o diagnóstico e explicada à paciente por um operador experiente, respeitando os princípios da Odontologia e a decisão da paciente. A cirurgia foi realizada integrando os recursos do fluxo digital odontológico, proporcionando um resultado bem planejado e com maior precisão.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Avaliação da resistência adesiva de restaurações diretas em resina composta com e sem o uso de cimento de ionômero de vidro como material forrador após remoção seletiva até dentina amolecida: estudo in vitro
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-07) Andria, Sarah Coutinho; Bresciani, Eduardo [UNESP]; Souza, Luana dos Santos; Instituto de ciência e tecnologia
    O objetivo deste trabalho foi avaliar se as restaurações diretas em resina composta apresentam adesão suficiente ao tecido remanescente de cavidades que passaram por remoção seletiva até à dentina amolecida. E ainda, se o uso de forramento com CIV aliado a remoção seletiva pode favorecer ou não essa adesão. Foram utilizados 30 dentes bovinos, os quais tiveram a sua superfície planificada até que fosse exposta a dentina. Os dentes foram divididos em dois grupos: O primeiro composto por dentes com remoção seletiva de dentina cariada sem forramento com cimento de ionômero de vidro (GC), o segundo por dentes com remoção seletiva de dentina cariada com forramento com cimento de ionômero de vidro (DES-CIV). Em seguida, a resina composta foi acrescentada de forma direta na região condicionada de cada espécime. Após esta etapa, os espécimes foram submetidos aos testes mecânicos de tração e analisados no microscópio óptico, os resultados numéricos foram submetidos ao teste de Mann-Whitney com nível de significância 5%. O teste de Mann-Whitney demonstrou diferença estatística entre a comparação do grupo Resina e CIV-Resina (p=<.001). A amostra estudada sem material forrador (CIV) apresentou maior resistência de união entre a dentina e o tratamento restaurador. Conclui-se que o grupo DES -CIV apresentou menor resistência de união em comparação ao grupo GC sem forrador.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Relação entre a carga bacteriana e volume da lesão periapical em dentes com infecção endodôntica tratados com hidróxido de cálcio associado a N-acetilcisteína
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-06) Ward, Rafael Araújo da Costa; Valera, Marcia Carneiro [UNESP]; Orlando, Mariana Muniz Toledo
    Objetivo: Avaliar em dentes com infecção endodôntica primária (IEP) e periodontite apical (PA) o efeito da medicação intracanal com hidróxido de cálcio + N-acetilcisteína (NAC + Ca(OH)₂), comparado ao hidróxido de cálcio + soro (Ca(OH)₂ + SS) na desinfecção do canal radicular. Ainda avaliará sinais, sintomas clínicos e volume da lesão periapical e relacionar com a carga bacteriana inicial. Materiais e métodos: Foram selecionados 15 dentes unirradiculares com IEP e PA, avaliados quanto à presença de sinais e sintomas clínicos, bem como submetidos à tomografia computadorizada de feixe cônico para avaliar o volume das lesões periapicais. Realizou-se abertura coronária e os canais foram preparados utilizando lima única reciprocante e irrigação com hipoclorito de sódio 2,5%, seguidos das MICs. Amostras do conteúdo dos canais foram coletadas após abertura coronária (S1), preparo dos canais (S2) e 15 dias após MIC (S3) para avaliar carga bacteriana por cultura (UFC/mL). Os dados foram avaliados por testes estatísticos descritivos e inferenciais; carga microbiana e sua relação com o volume da lesão periapical foram analisados por testes estatísticos. Resultados: O preparo biomecânico reduziu a carga microbiana e as medicações intracanais mantiveram essa desinfecção, especialmente NAC + Ca(OH)2. Nos sinais e sintomas, bem como volume das lesões, não houve diferença entre os grupos, obtendo-se fraca correlação entre carga microbiana inicial e volume das lesões. Conclusão: O preparo biomecânico foi capaz de reduzir a carga microbiana no interior dos canais e as MICs mantiveram essa desinfecção, com fraca correlação entre volume de perda óssea periapical e carga microbiana.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Proposta de um protocolo de atendimentos clinico odontológico na presença de cefaleia
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-05) Teixeira, Cleber; Amorim, José Benedito Oliveira [UNESP]; Balducci, Ivan [UNESP]
    Introdução: a cefaleia é muito frequente na humanidade, representa um importante sintoma para área medica e pouco explorada na odontologia, a qual relata frequentemente associada à Disfunção temporomandibular (DTM), observa-se falta de informação adequada e ausência de conhecimento especifica na detecção de dores disfarçadas de cefaleias e de elaboração de diagnostico diferencial de outras patologias de maior gravidade Objetivo: elaborar uma revisão integrativa da literatura sobre a importância da sintomatologia da cefaleia (dor de cabeça), e elaborar um protocolo de atendimento odontológico na presença desta sintomatologia. Material e Métodos: foram utilizados artigos, livros didáticos e teses em língua portuguesa e inglesa, publicados nos últimos 20 anos. A pesquisa foi feita através da consulta a base de dados de artigos inseridos no PubMed, Scielo e Google Acadêmico, utilizando descritores indexados: cefaleia, dor de cabeça, odontologia, intercorrências, disfunção temporomandibular e protocolo. De acordo com várias orientações de conduta medica elaboramos um protocolo (original) aplicado para o cirurgião dentista Resultados/discussão: pela revisão disponibilizada no presente estudo verifica-se que cefaleia pode se manifestar associada a dor orofacial, não somente na DTM, mas também em outras disfunções orgânicas críticas para saúde do indivíduo. Conclusão: a interpretação da cefaleia na odontologia é crucial para garantir um diagnóstico preciso, direcionar o tratamento apropriado e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. O protocolo original apresentado no presente estudo almeja preencher esta lacuna para a melhor conduta do odontologista frente a este sintoma.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Perineurioma, pseudoperineurioma e neuroma traumático em boca: um estudo multicêntrico retrospectivo das características clinicopatológicas
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-06) Gundlach, Jully Elisabeth; Anbinder, Ana Lia [UNESP]; USP Bauru; UFMG; UFRJ; São Leopoldo Mandic; Unesp Araçatuba
    Os tumores neurais orais correspondem a menos de 1% das lesões enviadas aos laboratórios de Patologia Oral e Maxilofacial, apresentando desafios diagnósticos significativos. Objetivo: Reavaliar aspectos epidemiológicos e clinicopatológicos de neuromas traumáticos (NT), perineuriomas (PN) e pseudoperineuriomas (PSPN) diagnosticados de 5 laboratórios de referência em Patologia Oral e Maxilofacial brasileiros. Material e Métodos: Dados clínicos foram obtidos a partir das fichas de requisições e as lâminas foram reavaliadas. O teste qui-quadrado (p<0,05) foi utilizado. Resultados: Após a reclassificação, foram encontrados 152 (65,51%) NT, 48 (20,68%) PSPN e 1 PN (0,43%). NT e PSPN afetaram mais mulheres, adultos brancos, apresentando-se como nódulos com uma hipótese de lesão fibrosa. Enquanto o PSPN ocorreu na língua (77,08%), o NT ocorreu mais no lábio (28,94%), língua (21,81%) e forame mentoniano (20,39%). O PSPN foi mais superficial, associado a tecido fibroso e menos inflamado do que o NT. Entre os casos de PSPN, 62,5% apresentaram tecido nervoso envolvendo até a metade da lesão. NT, caracterizado por fascículos nervosos cortados em direções diferentes delimitados pelo perineuro, teve uma porcentagem maior de sintomas do que aqueles caracterizados por microfascículos difusos dentro da fibrose. Conclusão: Esta é a maior série de casos de NT e PSPN já avaliada. Apesar das características semelhantes, o patologista deve estar ciente da proliferação perineural no PSPN, para não a confundir com NT (lesão reativa) ou perineurioma (neoplasia).
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Estudos in vitro de scaffolds biocerâmicos de β-TCP/S53P4 como potenciais substitutos ósseos
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-06) Lima, Beatriz Samara De Sousa; Vasconcellos, Luana Marotta Reis [UNESP]; Amaral, Suelen Simões
    Objetivo: Avaliar a viabilidade celular e diferenciação osteogênica, a partir de scaffolds de β-fosfato tricálcico (β-TCP) incorporado ao biovidro (S53P4). Material e Métodos: Células da linhagem osteoblástica MG63, foram cultivadas na placa de 48 poços, cerca de 1,5x104 células juntamente com scaffolds biocerâmicos, que foram confeccionados com diferentes materiais, sendo eles: a) β-TCP; b) β-TCP incorporado ao biovidro (β-TCP/S53P4). Posteriormente, a viabilidade celular foi mensurada a partir do ensaio de MTT, e também foi avaliada a formação de Nódulos de mineralização e a interação celular sobre a superfície dos scaffolds, por meio da microscopia eletrônica de varredura (MEV). Por fim, foi também avaliada a formação de biofilmes em cepas de Candida albicans, Pseudomonas aeruginosa e Staphylococcus aureus e a ação antibiofilme dos materiais. Os dados foram analisados por ANOVA e Tukey (p<0.05%). Resultados: Os resultados in vitro, mostraram que os scaffolds β TCP/S53P4 não apresentaram efeito citotóxico, permitiram a formação de nódulos de mineralização, bem como a interação celular devido ao aspecto alongado destas sobre os scaffolds. Já na ação antibiofilme os scaffolds de β-TCP/S53P4 inibiram o crescimento bacteriano e fúngico em comparação ao β-TCP, sendo observada diferença estatística (p<0,05). Conclusão: Os resultados sugerem que os scaffolds compostos por β-TCP/S53P4 podem ser potencialmente usados como substitutos ósseos.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Efeito do tratamento de superfície em protetores bucais frente ao envelhecimento por higienização de escovação e imersão em soluções desinfetantes
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-08) Borro, Larissa Haddad; Paes Júnior, Tarcísio José de Arruda [UNESP]; Queiroz, Talita Suelen
    Objetivo: O estudo teve como objetivo avaliar as características superficiais de protetores bucais esportivos submetidos a esforços mecânicos durante a limpeza, seja por escovação ou imersão em soluções desinfetantes. Material e Métodos: Amostras de etileno vinil acetato (EVA), com 4 mm de espessura, foram distribuídas aleatoriamente pelos métodos de limpeza: controle (C - sem limpeza), escovação com água (E.A), escovação com sabonete líquido neutro (E.S), escovação com creme dental (E.C), imersão em água destilada por 10 minutos (IM.ÁG), imersão em solução de hipoclorito de sódio 2,25% por 10 minutos (IM.HIP) e imersão em solução de bicarbonato de sódio por 5 minutos (IM.C). Todos os métodos de limpeza foram aplicados durante 28 dias. A média de rugosidade superficial (Ra) e a molhabilidade foram medidas antes e após a limpeza. ANOVA unidirecional com testes de Tukey (5% de significância) indicou diferenças significativas entre os grupos (p < 0,05). Resultados: O grupo IM.C apresentou maior rugosidade superficial que IM.S e E.C (p < 0,05). E.A apresentou a menor molhabilidade, significativamente menor que E.C, IM.ÁG e IM.C (p < 0,05). IM.C exibiu a maior molhabilidade, significativamente diferente dos grupos IM.HIP, E.S, E.A e C (p < 0,05). Conclusão: A limpeza dos protetores bucais com escova de dente, água e sabonete líquido neutro emergiu como o método mais promissor, causando alterações mínimas na superfície do material.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Efeito antibacteriano dos extratos de romã e própolis isoladamente e em combinação contra Pseudomonas aeruginosa
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-06) Marinho, Paula Cristina Marcelino; Oliveira, Luciane Dias [UNESP]; Menezes, Raquel Telles
    Objetivo: Avaliou a atividade antimicrobiana isolada e combinada dos extratos hidroalcóolicos de Punica granatum (romã) e própolis verde (de Baccharis dracunculifolia) sobre as cepas clínicas multirresistentes de Pseudomonas aeruginosa em cultura planctônica e seu efeito antibiofilme. Material e Métodos: Foi realizada a obtenção dos extratos, e em seguida foi feita sua quantificação do teor de sólidos solúveis. A Concentração Inibitória Mínima (CIM) e a Concentração Bactericida Mínima (CBM) foram determinadas pelo método de microdiluição em caldo (CLSI M7- A6). Para avaliar a combinação dos extratos foi utilizada a técnica “checkerboard” e adotado o índice de concentração inibitória fracionária (ICIF). As concentrações que apresentaram sinérgicas (ICFI ≤0,5) foram analisadas sobre biofilmes monomicrobianos de P. aeruginosa pelo tempo de contato de 5 minutos e 24 horas. Os resultados foram analisados estatisticamente por ANOVA e Teste de Tukey (p≤0,05). Resultados: O teor de sólidos solúveis determinado do extrato hidroalcóolico de romã (EHR) foi de 6,02%, já do extrato hidroalcóolico de própolis (EHP) foi de 8,04%. O EHR promoveu CIM e CBM de 0,1% para todas as cepas e o EHP apresentou CBM de 0,2% entre as cepas testadas. As concentrações encontradas foram consideradas “aditivas” e tiveram porcentagem de redução do biofilme de todas as cepas testadas. Conclusão: De acordo com os resultados, os extratos isoladamente e em combinação apresentaram ação antimicrobiana sobre P. aeruginosa incluindo ação antibiofilme.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Aplicações da técnica de análise de textura em imagens do complexo dentomaxilofacial: revisão de literatura
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-07) Roseira, Vera Lucia; Lopes, Sérgio Lucio Pereira de Castro [UNESP]; Oliveira, Victória Geisa Brito
    Texture Analysis (TA) technique makes it possible to evaluate intrinsic properties from pixels or voxels that would be impossible to visualize with naked eye. In Medicine, TA has been applied to characterize injuries, assisting in objective and quantitative diagnosis. In Dentistry, there are already studies investigating the possible applications of this tool. The purpose was to carry out a literature review on the different applications of the TA technique in images of the dentomaxillofacial complex. A search was carried out in the Pubmed and LILACS databases, using the keywords: “Computer-Assisted Image Processing”, “Image Diagnosis”, “Texture Analysis” and Dentistry”. Articles that covered the topic, published in the last 5 years and without language restrictions, were used as inclusion criteria. As exclusion criteria, articles were excluded that, through reading the title and abstract, had no relationship with the proposed topic. Of the articles found, 22 were selected to prepare this review. It should be noted that, for the most part, TA applications objectively helped in the diagnosis of lesions of the maxillofacial complex, followed by temporomandibular disorders, oral manifestations of autoimmune conditions and with applications in orthodontics, periodontics, implant dentistry and cariology. It’s concluded that TA technique is promising in diagnosing the dentomaxillofacial complex, as it provides greater accuracy and objectivity. There is still little information on the topic and more studies related to the subject are needed.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Influência de diferentes agentes adesivos na resistência de união de pinos de fibra de vidro universais
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-05) Franco, Ana Luiza Cardoso de Oliveira; Assis, Raquel Pereira; Borges, Alexandre Luiz Souto [UNESP]; Gomes, Ana Paula de Almeida; Moraes, Raquel Coutinho
    Objetivo: O presente estudo teve por objetivo principal analisar o comportamento mecânico de pino de fibra de vidro universal, sob diferentes protocolos adesivos para tratamento de superfície antes da cimentação. Material e Métodos: O estudo in vitro utilizou 50 raízes de incisivos bovinos divididos aleatoriamente entre cinco grupos experimentais de acordo com o protocolo adesivo: Grupo 1: sem tratamento; Grupo 2: tratamento de superfície com sistema adesivo de 3 passos (ácido fosfórico + Optibond FL - etch-and-rinse de três passos- KERR); Grupo 3: sistema adesivo convencional 2 passos (ácido fosfórico + Single Bond Universal - 3M); Grupo 4: sistema adesivo autocondicionante (Clearfil SE Bond); Grupo 5: sistema adesivo autocondicionante de 1 passo com adesivo universal (Single Bond Universal - 3M). Um único retentor pré-fabricado (Splendor - Angelus – Londrina/PR – Brasil) e cimento resinoso autoadesivo (RelyX U200 ESPE- 3M) foram utilizados para todos os grupos. Após a cimentação as raízes foram seccionadas em 3 terços (cervical , médio e apical) e submetidas ao teste de push-out a 0,5 mm/mim. Resultados: A média da força de união pelo teste de push-out foi maior no Grupo 1, sem diferença estatística do grupo 2 e 3, seguidos pelos pelo Grupo 4 e 5 .Houve diferença estatisticamente significativa entre Grupo 1 e 4, Grupo 1 e 5, Grupo 3 e 4 e Grupo 3 e 5. O menor valor foi observado para o Grupo 5, mas não houve diferença significativa entre os Grupos 4 e 5. O pior comportamento foi apresentado pelos Grupos 4 e 5 onde os valores de carga para fratura foram baixos, em todas as regiões (apical, cervical e médio). Conclusão: No teste de resistência de união adesiva, o grupo 1 obteve o melhor resultado e o pior foi o grupo 4. Além disso, as regiões apresentaram diferenças significativas, a pior condição foi apresentada pelo grupo 2 e a melhor condição pelo grupo 3. Sendo necessário fazer mais estudos para um protocolo de cimentação eficaz.
  • ItemTrabalho de conclusão de curso
    Adesão do material obturador e resistência ao desgaste da dentina irradiada e submetida a diferentes concentrações de hipoclorito de sódio
    (Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2024-03-08) Iazzetto, Lívia de Sales; Rezende, Maryane Pereira; Valera, Marcia Carneiro [UNESP]; Orlando, Mariana Muniz Toledo
    Objetivo: Analisar a microdureza da dentina e adesão do material obturador às paredes do canal em dentes submetidos ou não a radioterapia (RT) e a diferentes concentrações de hipoclorito de sódio (NaOCl). Material e Métodos: Noventa e seis dentes humanos foram distribuídos em 2 grupos (n = 72 e n = 24) para cada análise realizada e posteriormente de acordo com a exposição ou não a RT - 60 Gy. Todos os dentes tiveram seus canais preparados com instrumento reciprocante R40 e irrigados com solução de NaOCl. Para irrigação e limpeza final, os dentes foram subdivididos em grupos de acordo com a concentração da solução de NaOCl utilizada (1%, 2,5% e 5,25%). Em seguida, foram submetidos aos testes de microdureza da dentina e teste de resistência de união (push-out). Para o teste de resistência de união push-out os canais foram obturados com cimento AH Plus e posteriormente as raízes foram seccionadas no sentido transversal. O teste foi realizado em uma Máquina de testes Universal com célula de carga de 50 kgf. Para o teste de microdureza, os dentes não receberam obturação, foram polidos e avaliados em um microdurômetro por meio da análise de dureza Vickers com carga de 50g por 10 segundos. Os dados foram comparados estatisticamente pelos testes ANOVA e Tuckey, significância de 5% (p<0,05). Resultados: No teste de microdureza, a concentração de NaOCl 2,5% apresentou diferença estatística quando os dentes foram submetidos a irradiação, o grupo irrigado com NaOCl 5,25% apresentou também diferença estatística. No teste push out, a única concentração que apresentou relevância estatística foi a de 5,25%. Conclusão: A microdureza da dentina foi adversamente afetada nos grupos que receberam RT. No que diz respeito à resistência de união, os grupos sujeitos a RT demostram uma média de resistência de união inferior.