Show simple item record

dc.contributor.advisorMyaki, Silvio Issáo [UNESP]
dc.contributor.authorRamos, Carolina Júdica [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:30:59Z
dc.date.available2014-06-11T19:30:59Z
dc.date.issued2006-06-29
dc.identifier.citationRAMOS, Carolina Júdica. Aspecto histológico do esmalte decíduo e influência do material restaurador após a indução de formação de lesão artificial de cárie por diferentes métodos. 2006. 125 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de São José dos Campos, 2006.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/100700
dc.description.abstractO objetivo deste estudo in vitro foi analisar, ao microscópio de luz polarizada, os aspectos histológicos do esmalte decíduo, empregando-se diferentes modelos de indução de formação de lesão artificial de cárie. Avaliou-se também a influência de dois materiais restauradores na formação da lesão de cárie secundária quando submetidos aos mesmos modelos. Foram selecionados vinte dentes apresentando lesão natural de mancha branca de cárie (grupo controle) e quarenta dentes clinicamente hígidos, divididos em dois grupos conforme o modelo de indução de formação de lesão de cárie. Após este período, os espécimes foram incluídos em resina e seccionados longitudinalmente obtendo-se secções de 100æm de espessura, que foram embebidas em água destilada ou quinolina para análise ao microscópio de luz polarizada. Os resultados obtidos na primeira parte do estudo revelaram a formação das quatro zonas histológicas da lesão de mancha branca nos dois modelos empregados, porém morfologicamente distintas. Na segunda parte, os valores de profundidade da lesão externa, obtidos por meio de análise histomorfométrica, foram submetidos ao teste estatístico de análise de variância (ANOVA) constatando-se que o grupo do cimento de ionômero de vidro exibiu profundidade da lesão externa significantemente menor do que o grupo restaurado com resina composta, independentemente do modelo de indução. As amostras do G4 apresentaram maior ocorrência de zonas de inibição do que as do G5. Concluiu-se que os modelos de indução foram eficientes na formação da lesão artificial de cárie, e que independentemente do modelo o CIV foi mais eficiente na inibição da formação de lesões de cárie.pt
dc.description.abstractThe aim of this in vitro study was to compare by polarized light microscopy the histopathological appearance of caries-like lesions of enamel created artificially in primary teeth based on different models. Methods: 60 deciduous human molars were used. In G1 (n=20): control group, the specimens with natural white spot lesions, examined in incident light, were stored in deionized water for 14 days. After this, longitudinal ground sections were taken from all groups and examined while immersed in water or quinoline using polarized light microscopy techniques. Buccal class V restorations were prepared in 40 deciduous human molars with margins in enamel that were randomly divided into two groups (n=10) using a hybrid resin composite (Z-250) and a conventional glass ionomer cement (Fuji IX GP Fast). After the restorative procedures, all teeth surfaces were coated with nail polish, except for the restoration area and 1mm rim of tooth structure. In order to induce artificial carious lesions, the specimens were immersed into the models. After this, the specimens were prepared for polarized light microscopy in an imbibition's media of water. The results showed the development of caries lesions in all groups Areas of positive birefringence were seen in the subsurface enamel with negatively birefringence surface zone. The data was analyzed by ANOVA test (5%) and the specimens restored with glass ionomer cement exhibited the depth of caries significantly lower than the group restored with composite resin. It was concluded that the restorative material could influence the demineralization of primary enamel.en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent125 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectEsmalte dentáriopt
dc.subjectDentes decíduospt
dc.subjectCáries dentáriaspt
dc.subjectMateriais dentáriospt
dc.subjectMicroscopia de luz polarizadapt
dc.subjectPolarizationen
dc.subjectMicroscopyen
dc.subjectDental enamelen
dc.subjectDental cariesen
dc.subjectDental materialsen
dc.titleAspecto histológico do esmalte decíduo e influência do material restaurador após a indução de formação de lesão artificial de cárie por diferentes métodospt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramBiopatologia Bucal - ICTpt
unesp.knowledgeAreaBiopatologia bucalpt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Ciência e Tecnologia, São José dos Campospt
dc.identifier.aleph000473542
dc.identifier.fileramos_cj_dr_sjc.pdf
dc.identifier.capes33004145081P0
dc.identifier.lattes5608176301307207
unesp.author.lattes5608176301307207
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record