Show simple item record

dc.contributor.advisorRubim, Chritina de Rezende [UNESP]
dc.contributor.authorRodrigues, Guilherme Tavares Marques [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:31:05Z
dc.date.available2014-06-11T19:31:05Z
dc.date.issued2010-08-25
dc.identifier.citationRODRIGUES, Guilherme Tavares Marques. Antropologia e direito: a justiça como possibilidade antropológica. 2010. 406 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, 2010.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/100997
dc.description.abstractNos últimos anos tem sido notado no campo do direito um significativo aumento do interesse pelo referencial teórico e metodológico fornecido pela antropologia. No entanto, e apesar de algumas relevantes contribuições direcionadas a uma aproximação entre a antropologia e o direito, o fato é que a antropologia jurídica, ao menos no cenário acadêmico nacional, ainda ressente de uma maior reflexão sobre o seu espaço epistemológico e possibilidades práticas. Nesse âmbito de análise, e partindo do pressuposto de que o conhecimento reivindicado de forma autônoma pelo direito e pela antropologia representam, sobretudo, domínios de saber que se expressam como discursos históricos, o presente estudo apresenta duas finalidades: primeiramente, identificar os fundamentos e as possibilidades de análise do discurso jurídico-antropológico através de uma leitura dos seus principais referenciais epistemológicos; e, num segundo momento, desenvolver uma etnografia do discurso jurídico no campo cultural da execução penal sob a proposta de uma antropologia do conhecimentopt
dc.description.abstractIn recent years it has been noticed in the field of law a significant increase in interest in the theoretical and methodological framework provided by anthropology. However, despite some outstanding contributions aimed at a rapprochement between anthropology and law, the fact is that anthropology of law, at least in the national academic scene, still lacks a major reflection on your epistemological space and practical possibilities. Within this framework of analysis, and assuming that the knowledge claimed autonomously by law and anthropology especially represent areas of knowledge that are expressed as historical discourses, this study has two purposes: first, identify the reasons and possibilities of discourse analysis, legal and anthropological frames; and, second, to develop an ethnography of legal discourse in the cultural field of criminal enforcement under the proposal for an anthropology of knowledgeen
dc.format.extent406 f. : il. color.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectDireito e antropologiapt
dc.subjectAntropologia jurídicapt
dc.subjectAnálise do discursopt
dc.subjectEtnografia do discurso jurídicopt
dc.subjectAnálise do discurso jurídico-antropológicopt
dc.subjectAntropologia do conhecimentopt
dc.subjectAnthropology of knowledgeen
dc.subjectAnthropological theoryen
dc.subjectJurisprudenceen
dc.subjectLegal anthropologyen
dc.subjectEthnography of discourseen
dc.subjectPhilosophy of scienceen
dc.subjectEpistemologyen
dc.subjectLanguageen
dc.subjectHermeneuticsen
dc.subjectRhetoricen
dc.titleAntropologia e direito: a justiça como possibilidade antropológicapt
dc.typeTese de doutorado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCiências Sociais - FFCpt
unesp.knowledgeAreaCiências sociaispt
unesp.researchAreaCultura, identidade e memóriapt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
dc.identifier.aleph000638321
dc.identifier.filerodrigues_gtm_dr_mar.pdf
dc.identifier.capes33004110042P8
dc.identifier.lattes4457813399876406
unesp.advisor.lattes4457813399876406
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record