Show simple item record

dc.contributor.authorBorgo, Hilton Coimbra
dc.contributor.authorMaffei, Helga Verena Leoni [UNESP]
dc.date.accessioned2014-05-20T13:33:45Z
dc.date.available2014-05-20T13:33:45Z
dc.date.issued2009-06-01
dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032009000200013
dc.identifier.citationArquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 46, n. 2, p. 144-150, 2009.
dc.identifier.issn0004-2803
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/11555
dc.description.abstractCONTEXTO: Mães relatam início precoce de constipação em crianças atendidas em clínicas de gastroenterologia. OBJETIVOS: Estudar o hábito intestinal em crianças de baixa idade na comunidade, para avaliar se início precoce da constipação é confirmado neste contexto e se há concordância entre o hábito intestinal relatado e o registrado prospectivamente. MÉTODOS: Obtiveram-se dados sobre evacuações de 57 crianças com idade 6.0-40.7 meses, mediante relato materno (questionário sobre características fecais predominantes) e, a seguir, foram registradas 1.934 evacuações em casa e na creche. O hábito intestinal foi classificado como adequado, constipação, diarréia funcional, outro hábito intestinal, conforme frequência evacuatória e proporção das características fecais (macias, duras e/ou que escorrem). Usaram-se dois critérios para classificar o hábito intestinal registrado, devido indefinição no ponto de corte para fezes duras na identificação de constipação em crianças: critério predominante e critério adulto, respectivamente com >50% e >25% de evacuações com consistência alterada. Usou-se estatística não-paramétrica e, para concordância entre hábito intestinal relatado e registrado, o índice Kappa. RESULTADOS: Constipação ocorreu em 17.5%, 10.5%, 19.3% das crianças, respectivamente pelo relato e pelo registro segundo critérios predominante e adulto. Constipação foi o hábito intestinal mais frequentemente relatado, versus 12.3% outro hábito intestinal. Só uma criança se classificou como tendo diarréia funcional (pelo critério adulto). Concordância entre o hábito intestinal relatado e o registrado foi razoável (fair) para constipação, pelos critérios predominante e adulto (K=0.28 e 0.24, respectivamente), mas apenas leve (slight) para os demais hábito intestinal (K <0.16). Entretanto, dados individuais indicaram melhor relação entre relato de constipação com o critério adulto do que com o critério predominante. CONCLUSÕES: Confirmou-se que constipação é frequente e de início precoce. Concordância razoável entre o hábito intestinal relatado e o registrado segundo os dois critérios indica que o relato materno é razoavelmente confiável para detectar constipação.pt
dc.description.abstractCONTEXT: Mothers recall early-onset constipation in children attending gastroenterology clinics. OBJECTIVES: To study the bowel habit of young children in the community to determine, first, whether early-onset constipation is confirmed in this setting and, second, the agreement between recalled and recorded bowel habit. METHODS:Defecation data of 57 children aged 6.0-40.7 mo were obtained by maternal recall (questionnaire on predominant stool characteristics) and by record (1,934 defecations registered prospectively at home and in the nursery). The bowel habit was classified according to stool frequency and proportion of stool characteristics (soft, hard and/or runny). Two criteria were used to classify recorded data, since the cutoff point for hard stools to identify constipation is undefined in children: predominant criterion and adult criterion, respectively with >50% and >25% of stools with altered consistency. Bowel habit categories were: adequate, constipation, functional diarrhea and other bowel habit. Nonparametric statistics, and the Kappa index for agreement between recalled and recorded bowel habit, were used. RESULTS: Constipation occurred in 17.5%, 10.5%, 19.3% of the children by recall, the predominant and the adult criteria, respectively. Constipation was the main recalled alteration, vs 12.3% other bowel habit. Only one child classified as having functional diarrhea (by the adult criterion). Agreement between recalled and recorded bowel habit was fair for constipation, by the predominant and the adult criteria (K = 0.28 and 0.24, respectively), but only slight (K <0.16) for other bowel habit categories. Individual data, however, pointed to a better relationship between recalled constipation and the adult rather than the predominant criterion. CONCLUSIONS: Frequent early-onset constipation was confirmed. Fair agreement between recalled and recorded constipation by the two used criteria indicates that recalled data are quite reliable to detect constipation.en
dc.format.extent144-150
dc.language.isoeng
dc.publisherInstituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia (IBEPEGE)
dc.publisherColégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva (CBCD)
dc.publisherSociedade Brasileira de Motilidade Digestiva (SBMD)
dc.publisherFederação Brasileira de Gastroenterologia (FBG)
dc.publisherSociedade Brasileira de Hepatologia (SBH)
dc.publisherSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED)
dc.relation.ispartofArquivos de Gastroenterologia
dc.sourceSciELO
dc.subjectConstipação intestinalpt
dc.subjectDefecaçãopt
dc.subjectBerçáriospt
dc.subjectCrechespt
dc.subjectCriançapt
dc.subjectConstipationen
dc.subjectDefecationen
dc.subjectNurseriesen
dc.subjectChild day care centersen
dc.subjectChilden
dc.titleRecalled and recorded bowel habits confirm early onset and high frequency of constipation in day-care nursery childrenen
dc.title.alternativeRelato e registro do hábito intestinal de crianças em creches confirmam alta frequência e início precoce de constipaçãopt
dc.typeArtigo
dc.contributor.institutionUniversidade de São Paulo (USP)
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.description.affiliationUniversity of São Paulo Hospital for Rehabilitation of Craniofacial Anomalies
dc.description.affiliationUNESP Botucatu Medical School
dc.description.affiliationUnespUNESP Botucatu Medical School
dc.identifier.doi10.1590/S0004-28032009000200013
dc.identifier.scieloS0004-28032009000200013
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Medicina, Botucatupt
dc.identifier.fileS0004-28032009000200013.pdf
dc.relation.ispartofsjr0,396
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record