Show simple item record

dc.contributor.advisorMartins, Lígia Márcia [UNESP]
dc.contributor.authorCarvalho, Bruna [UNESP]
dc.date.accessioned2015-03-03T11:52:36Z
dc.date.available2015-03-03T11:52:36Z
dc.date.issued2014-08-29
dc.identifier.citationCARVALHO, Bruna. Ensino a distância: limites e possibilidades na formação de professores. 2014. 284 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciencias e Letras (Campus de Araraquara), 2014.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/115833
dc.description.abstractApesar do caráter contemporâneo do Ensino a Distância (EaD), esta modalidade de ensino não é tão recente assim. Em meados do século XIX já existiam cursos por correspondência. Isso foi possível devido ao desenvolvimento dos meios de transporte (trem) e comunicação (correios). Com o desenvolvimento tecnológico, em meados do século XX, o rádio, a televisão, o telefone, vídeos, etc. passaram a ser utilizados como recursos para a oferta do Ensino a Distância, que inicialmente se restringiu a cursos ao nível da Educação Básica, do ensino técnico e profissionalizante. A ampla expansão do EaD no Ensino Superior só ocorreu com o agudo desenvolvimento das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) a partir da década de 1990. O Estado e os organismos internacionais viram no EaD grande potencial para expandir e democratizar, com baixos custos, a educação escolar em todos os níveis, em especial no Ensino Superior com enfoque na formação de professores. No Brasil, o EaD foi adotado na formação de professores com vistas a atender a exigência da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) de 1996: até 2006 todos os professores da educação básica deveriam ter formação em nível superior. No âmbito federal, o EaD foi implementado no Ensino Superior público por meio da criação da Universidade Aberta do Brasil (UAB), em 2005. Três anos depois, no Estado de São Paulo, ocorreu a implantação da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (UNIVESP) que expandiu o Ensino a Distância no Ensino Superior público paulista. No intento de compreender a atual política de formação de professores no Brasil, estabelecemos como principal objetivo desta pesquisa: identificar os fundamentos filosóficos, teóricos e metodológicos que subsidiam a proposta pedagógica dos cursos de formação de pedagogos oferecidos pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo ...pt
dc.description.abstractDespite the contemporary character of Distance Education (DE), this modality of teaching is not recent. In the XIX century existed correspondence courses. This was possible due to the development of means of transport (train) and communication (post office). The technological development in the mid-twentieth century, radio, television, telephone, videos, etc. has come to be used as resources for Distance Education, which initially was restricted to courses at the basic level, technical and vocational education. The wide expansion of Distance Education in higher education has only occurred with the acute development of Information and Communication Technologies (ICT) from the 1990s.The state and international organizations viewed the DE had a great potential to expand and democratize, cost, school education at all levels, particularly in higher education with a focus on teacher education. In Brazil, the DE was adopted for teacher education in order to attend the requirement of the Law of Guidelines and Bases of National Education (LDBEN) from 1996 until 2006 all basic education teachers should be trained in higher level. At the federal level, the Distance Education was implemented in public higher education through the creation of the Open University of Brazil (UAB) in 2005. Three years later, in the State of São Paulo, the deployment of Virtual University of São Paulo (UNIVESP) which expanded distance learning in public university education. To unveil the mediations and the internal contradictions of the phenomenon under analysis, we adopted as epistemological and methodological perspective the historical-dialectical materialism also adopted as a theoretical framework within the human development and education of the Historic-Cultural Psychology and Pedagogy Historical-Critical. Through historical study of teacher education in our country; a survey of the historical and legal aspects of Distance ...en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent284 f. : il. color., tabs.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectUniversidade Virtual do Estado de São Paulopt
dc.subjectEducaçãopt
dc.subjectEducação - Estudo e ensinopt
dc.subjectEnsino a distânciapt
dc.subjectProfessores - Formaçãopt
dc.subjectDistance educationpt
dc.titleEnsino a distância: limites e possibilidades na formação de professorespt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEducação Escolar - FCLARpt
unesp.knowledgeAreaEducaçãopt
unesp.researchAreaTeorias pedagógicas, trabalho educativo e sociedadept
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
dc.identifier.aleph000809678
dc.identifier.file000809678.pdf
dc.identifier.capes33004030079P2
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record