Show simple item record

dc.contributor.advisorMartins, Maria Angélica Seabra Rodrigues [UNESP]
dc.contributor.authorMedina, Camila [UNESP]
dc.date.accessioned2015-03-23T15:22:33Z
dc.date.available2015-03-23T15:22:33Z
dc.date.issued2011
dc.identifier.citationMEDINA, Camila. A discursivização em Wall.E: sociedade, tecnologia e poder. 2011. . Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Comunicação Social - Radialismo) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, 2011.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/119923
dc.description.abstractThis article consists in a discourse analysis of the feature film in animation Wall.e produced by Pixar in association to Disney in 2008. Pixar has been known to produce films that contain various discursive levels, making its products appealing not only for children, but also for adults. However, Wall-e proves to be a masterpiece in Pixar carrier, because it is the one which focuses on the analysis and critique of contemporary society associated with technological development. For this, the plot has as its starting point the question of sustainability and unbridled consumerism. But the film expands the debate, tracing the relationship between technology and humanity, discussing how one affects the other. The project therefore aims to show how the animation works such concepts and constructs his discourse. To this end, the work seeks to identify the signs that make up the discourse and draw the intertextuality between WALL.E and other works that also discuss the same elements such as Stanley Kubrick‟s 2001 - A Space Odyssey (1968)en
dc.description.abstractA proposta deste projeto consiste na análise do discurso do longa-metragem em animação Wall-e produzido pela empresa Pixar em associação com a Disney em 2008. A Pixar já é conhecida por produzir filmes que possuem diversos níveis discursivos, fazendo com que suas produções sejam apelativas não só para crianças, como também para adultos. Entretanto, Wall-e demonstra ser uma obra pontual na trajetória da Pixar, pois é aquela que se concentra na análise e crítica da sociedade contemporânea associada ao desenvolvimento tecnológico. Para isso, o enredo tem como ponto de partida a questão da sustentabilidade e do consumo desenfreado. Mas o filme amplia o debate, traçando a relação entre tecnologia e humanidade e discutindo como um interfere no outro. O projeto, portanto, tem como propósito demonstrar de que maneira a animação trabalha esses conceitos e constrói seu discurso. Para tanto, o trabalho busca identificar os signos que compõe o discurso, bem como traçar a intertextualidade entre Wall.e outras obras que também debatem esse mesmo ponto, como 2001 – Uma odisseia no espaço, de Stanley Kubrick (1968)pt
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectAnimação (Cinematografia)pt
dc.subjectCinemapt
dc.subjectAnálise do discursopt
dc.subjectIndustria culturalpt
dc.subjectAnimation (Cinematography)en
dc.subjectMotion picturesen
dc.subjectDiscourse analysisen
dc.subjectCultureen
dc.titleA discursivização em Wall.E: sociedade, tecnologia e poderpt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Baurupt
dc.identifier.aleph000693994
dc.identifier.filemedina_c_tcc_bauru.pdf
unesp.undergraduateComunicação Social - FAACpt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record